Janet Yellen acredita que EUA vão regressar ao pleno emprego já em 2022

  • Lusa
  • 8 Março 2021

“Esperamos que os recursos deste pacote [de estímulos] efetivamente impulsionem uma recuperação económica muito forte”, disse Yellen durante uma entrevista à MSNBC.

A secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen, afirmou esta segunda-feira que o pacote de estímulos orçamentais, recentemente aprovado pelo Senado, permitirá impulsionar uma “muito forte recuperação económica” e fazer o país regressar ao pleno emprego em 2022.

“Esperamos que os recursos deste pacote [de estímulos] efetivamente impulsionem uma recuperação económica muito forte”, disse Yellen durante uma entrevista à MSNBC.

Citada pela agência espanhola EFE, a secretária de Estado do Tesouro da Administração de Joe Biden afirmou ainda antecipar que, “se tudo correr bem”, a economia dos Estados Unidos “regresse ao pleno emprego no próximo ano”.

A taxa de desemprego disparou de 3,5% em fevereiro de 2020 para 14,7% em abril, refletindo o momento do maior impacto da aplicação das medidas de restrição à circulação e o encerramento de muitas atividades e empresas, de forma a conter a propagação da pandemia de Covid-19. Atualmente aquela taxa está nos 6,2%.

Janet Yellen, a primeira mulher a dirigir a Secretaria de Estado do Tesouro na história dos Estados Unidos, distanciou-se dos receios de subida da inflação devido à dimensão do pacote de estímulos agora aprovado, no valor de 1,9 biliões de dólares (1,59 biliões de euros).

“Verdadeiramente não acredito que isso vá acontecer. Tínhamos uma taxa de desemprego de 3,5% antes da pandemia e não havia sinais de subida da inflação. Estava muito baixa em vez de muito alta”, precisou.

O Senado norte-americano aprovou um novo pacote de estímulos económicos para fazer face à devastação provocada pela pandemia, que inclui um subsídio de desemprego de emergência e pagamentos diretos à população (ou “cheques”).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Janet Yellen acredita que EUA vão regressar ao pleno emprego já em 2022

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião