Millennium bcp encerra escritório de Caracas no final do mês

  • Lusa
  • 29 Março 2021

BCP encerra no final de março, dia 31 do março, o escritório de representação em Caracas. Até 30 de junho, os clientes terão um serviço telefónico de apoio.

O Millennium bcp vai encerrar o seu escritório em Caracas, na Venezuela, na quarta-feira, no âmbito de um processo de reorganização da sua rede internacional, segundo um email enviado aos clientes, a que a Lusa teve acesso.

“No âmbito do processo de reorganização da rede internacional de Escritórios de Representação do Millennium bcp, informamos que no dia 31 de março encerramos as instalações do nosso Escritório de Caracas”, lê-se na comunicação aos clientes.

“O Millennium bcp confirma que o Escritório de Representação em Caracas vai encerrar no final do mês”, disse fonte oficial da entidade bancária, contactada pela Lusa, sem adiantar quantos trabalhadores e quantos clientes são afetados por esta decisão.

Os clientes do banco português na capital venezuelana terão ao dispor, até 30 de junho, um serviço telefónico específico de apoio, através da qual podem contactar a “equipa habitual do escritório”.

A partir de julho, o acompanhamento aos clientes afetados pelo encerramento do escritório de Caracas será assegurado pelo Centro de Contacto e pela aplicação (‘app’) do banco.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Millennium bcp encerra escritório de Caracas no final do mês

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião