BRANDS' ECOSEGUROS Covid-19: Grupo Ageas Portugal e Cruz Vermelha Portuguesa realizam mais de 120 mil testes em missão conjunta

  • BRANDS' ECOSEGUROS
  • 7 Abril 2021

Foi através das marcas Ageas Seguros e Médis que o grupo doou 411.900 euros à Cruz Vermelha Portuguesa, numa operação realizada entre outubro de 2020 e março de 2021 em mais de 70 concelhos.

Em junho do ano passado, o Grupo Ageas Portugal e a Cruz Vermelha Portuguesa firmaram uma parceria, para assegurar uma resposta mais rápida e eficaz à pandemia. Com o intuito de potenciar uma resposta mais eficaz à crise de saúde pública, numa missão conjunta, o Grupo Ageas Portugal, através das suas marcas Ageas Seguros e Médis, doou 411.900 euros à Cruz Vermelha Portuguesa.

Entre outubro de 2020 e março de 2021, a operação contou com mais de 2800 profissionais de saúde envolvidos, tendo sido possível efetuar mais de 120 mil testes (o dobro do número inicial previsto) e impactado mais de 70 concelhos.

A doação permitiu aumentar a capacidade de realização de testes de diagnóstico, através da aquisição de unidades fixas e móveis de triagem, que asseguraram todas as condições necessárias para a sua realização, assim como todo o equipamento médico, logístico e de limpeza e desinfeção, imprescindíveis para a qualidade e segurança da operação. As unidades móveis de triagem possibilitam a deslocação das equipas aos locais necessários, permitindo agilizar e aumentar a eficácia das operações e, em última instância, contribuir para o controlo da pandemia.

"A parceria com a Cruz Vermelha Portuguesa surgiu de forma natural para o Grupo Ageas Portugal, traduzindo o seu posicionamento face aos grandes desafios da sociedade, de gerir, antecipar e proteger a população perante cenários de crise, como esta que Portugal e o mundo atravessam.”

Numa primeira fase, e antes do arranque das unidades móveis de triagem, a Ageas Seguros e a Médis, marcas pertencentes ao Grupo Ageas Portugal, apoiaram a indispensável formação aos profissionais de saúde da Cruz Vermelha Portuguesa, durante a qual foram abordados temas desde a utilização do material necessário para a colheita de amostras, até ao trabalho de assistência aos enfermeiros que realizaram os testes de despiste à Covid-19.

Em Lisboa foi montado um complexo fixo, composto por seis tendas (três Ageas Seguros e três Médis), onde foram até agora efetuados 31238 testes RT-PCR, 39514 testes de deteção antigénio, estando envolvidos 1627 operacionais.

Para além deste, foram montados seis postos de triagem móveis nas regiões de Setúbal, Abrantes, Leiria, Vale de Cambra, Vilar Formoso e Coimbra. Em cada posto móvel foi entregue uma ambulância e montada uma tenda para testagem, com o selo da Ageas Seguros e da Médis:

  • Setúbal: estiveram envolvidos 210 operacionais, foram efetuados 2478 testes RT-PCR e 8705 testes de deteção antigénio. Este posto móvel percorreu os concelhos de Cascais, Montijo, Benavente, Estremoz, Évora, Lisboa e Santa Margarida;
  • Abrantes: estiveram envolvidos 136 operacionais, foram efetuados 4526 testes PT-PCR e 35 testes de deteção antigénio. Este posto móvel abrangeu ainda os concelhos de Torres Novas, Tomar, Lisboa e Constância;
  • Leiria: estiveram envolvidos 301 operacionais, foram efetuados 3473 testes PT-PCR e 7821 testes de deteção antigénio. Este posto móvel passou pelos concelhos de Samuel, Sta. Catarina da Serra, Porto de Mós, Fátima, Pombal, Lisboa, Cadaval, Lourinhã, Ourém, Marinha Grande, Batalha, Cernarche do Bonjardim, Soure e Elvas;
  • Vale de Cambra: estiveram envolvidos 208 operacionais, foram efetuados 2038 testes PT-PCR e 4040 testes de deteção antigénio. Este posto móvel esteve em Vale de Cambra, Tondela, Paredes, Ovar, Sanguedo, Matosinhos, Valongo, Cantanhede, Espinho, Seia, Avintes, Albergaria-a-Velha, Avintes, Espinho e São João da Madeira;
  • Vilar Formoso: estiveram envolvidos 115 operacionais, foram efetuados 1418 testes PT-PCR e 2221 testes de deteção antigénio. Este posto móvel passou pela Guarda, Fundão, Pinhel, Almeida, Aguiar da Beira, Penamacor, Idanha-a-Nova, Castelo Branco, Celorico da Beira e Tavares;
  • Coimbra: estiveram envolvidos 251 operacionais, foram efetuados 5629 testes PT-PCR e 6352 testes de deteção antigénio. Este posto móvel percorreu os concelhos de Lisboa, Cantanhede, Águeda, Oliveira do Bairro, Mealhada, Penacova, Miranda do Corvo, Vila Nova de Poiares, Castelo Branco, Sertã, Lousã, Penela, Vila Velha de Ródão, Anadia, Aveiro e Mortágua.

A parceria com a Cruz Vermelha Portuguesa surgiu de forma natural para o Grupo Ageas Portugal, traduzindo o seu posicionamento face aos grandes desafios da sociedade, de gerir, antecipar e proteger a população perante cenários de crise, como esta que Portugal e o mundo atravessam.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Covid-19: Grupo Ageas Portugal e Cruz Vermelha Portuguesa realizam mais de 120 mil testes em missão conjunta

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião