Fundação Mapfre vai distinguir pessoas, instituições e projetos com mérito social

  • ECO Seguros
  • 14 Abril 2021

As pré-inscrições decorrem até 31 de maio e a iniciativa pretende premiar pessoas, instituições ou projetos que contribuem para o benefício da sociedade no âmbito científico, cultural e social.

 

A Fundación Mapfre vai atribuir prémios no valor de 90 mil euros para distinguir “pessoas e instituições que se distinguem em projetos de cariz social, científico e cultural”.

Desde 2007 que lançamos anualmente os Prémios Fundação MAPFRE como forma de reconhecer a entrega e generosidade de pessoas e instituições que trabalham no sentido de melhorar o nosso mundo. Esta é uma forma de reconhecermos o seu compromisso e dedicação com a sociedade”, explica Luis Anula, CEO da MAPFRE Portugal e representante da Fundação MAPFRE.

Até 31 de maio, a Fundação MAPFRE está a receber candidaturas para os seus Prémios Sociais. A iniciativa é de âmbito mundial e tem o objetivo de premiar pessoas, instituições ou projetos que contribuem para o benefício da sociedade no âmbito científico, cultural e social.

No valor de 30 mil euros cada, as candidaturas são referentes ao “Prémio por uma Vida Profissional José Manuel Martínez Martínez”, que distingue pessoas com um percurso profissional ao serviço da sociedade; “Prémio Melhor Projeto ou Iniciativa pelo seu Impacto Social” e para “Prémio à Melhor Entidade pela sua Trajetória Social”.

O período de pré-inscrição das candidaturas decorre até dia 31 de maio de 2021, e contempla apenas o preenchimento de um formulário disponível no site da fundação (em português, inglês ou espanhol). O regulamento pode ser consultado no sítio eletrónico da Fundación MAPFRE.

Desde 1985, a fundação já concedeu milhares de bolsas, prémios e ajudas a profissionais de todo o mundo, tendo vindo a aumentar a sua atuação em Portugal, centrando-se no intercâmbio de conhecimentos técnicos e científicos entre profissionais espanhóis e portugueses”, informa a instituição.

No âmbito da atribuição de bolsas, “já premiou várias entidades portuguesas, tais como a Universidade do Minho com o projeto E2PA – Ergonomia em Equipamentos de Proteção Auditiva, em 2009, a Direção – Geral da Saúde, no âmbito da Formação Especializada para a Saúde, em 2012, e em 2014, Joaquim Oliveira, investigador do Grupo de investigação 3B´s da Universidade do Minho. Esta distinção reconheceu o projeto científico mais importante a nível europeu na área do tratamento de lesões osteocondrais e de prevenção da progressão da artrose”, nota a instituição do grupo espanhol.

A Fundação MAPFRE “tem como missão melhorar a vida das pessoas”, e por isso, acrescenta o comunicado, já conseguiu chegar com os seus projetos sociais a mais de 9,6 milhões de beneficiários em 31 países, com o apoio de 11.300 voluntários.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Fundação Mapfre vai distinguir pessoas, instituições e projetos com mérito social

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião