Portugal Digital Awards quer premiar melhor projeto nos seguros

  • ECO Seguros
  • 20 Abril 2021

A transformação digital na indústria seguradora vai ser avaliada e distinguida na 6ª edição da iniciativa conjunta IDC-Axians. O prazo de candidaturas ao Best Insurance Projet decorre até outubro.

 

O programa Portugal Digital Awards, iniciativa conjunta da IDC e da Axians, pretende “reconhecer e premiar a excelência de organizações, suas equipas e líderes empresariais que, com visão e audácia, conduzem a transformação digital dos seus negócios, processos, produtos ou serviços e, consequentemente, da sociedade como a conhecemos”, anunciou a organização.

Os Portugal Digital Awards contam este ano com 22 categorias a concurso, entre as quais o setor de seguros, em que será distinguido o Best Insurance Projet.

Para Carmo Palma, Managing Director na Axians Portugal, “o Portugal Digital Awards ocupa um espaço único de destaque dos profissionais e das organizações que estão a fazer acontecer a economia digital no nosso país. Estamos convictos de que as candidaturas este ano nos vão surpreender, pois vivemos num ano disruptivo com muitas mudanças, nas empresas e nas organizações públicas. Este evento será uma excelente oportunidade de partilha e de inspiração. Conhecer e premiar o que se transformou em Portugal, num ano particularmente desafiante, será um momento de grande orgulho para todos nós.”

Na 6ª edição da iniciativa promovida pela IDC e a Axians foram introduzidas novas categorias: Best Cultural & Media Project nos Digital Industry Awards (categorias por segmentos de mercado) e os Best Digital Social Sustainability Initiative, Best Digital Economic Sustainability Initiative e Best Digital Environmental Sustainability Initiative nos recém-criados Sustainability Awards, com a curadoria da Planetiers World Gathering.

Gabriel Coimbra, Vice-Presidente do Grupo IDC e Diretor Geral da IDC Portugal, acredita que “esta edição contará com projetos completamente disruptivos, uma vez que as mais recentes previsões da IDC apontam para que 65% da economia esteja digitalizada já em 2022. Isto significa que cada vez mais organizações terão a sua cultura centrada nos clientes e nos dados, onde a experiência digital será fundamental nos modelos de trabalho e nas relações com clientes e consumidores, assim como veremos cada vez a automação e robotização de processos e da produção, e modelos de negócio mais sustentáveis assentes e ecossistemas digitais.”

De acordo com a organização, ao painel de jurados e observadores que anualmente certifica e credibiliza todos os projetos a concurso, juntam-se nesta edição, Sérgio Ribeiro, CEO & Co Founder da Planetiers World Gathering; Daniel Traça, Dean and Professor of Economics da Nova School of Business and Economics; e Clara Raposo, Dean ISEG Lisbon School of Economics & Managment, Universidade de Lisboa.

O prazo para a entrega das candidaturas ao Portugal Digital Awards, que também contempla projetos de start-ups, está a decorrer e termina no próximo dia 8 de outubro. Regulamento e informações sobre o concurso estão disponíveis no website oficial do programa.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Portugal Digital Awards quer premiar melhor projeto nos seguros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião