Swiss Re lucra 333 milhões no 1ºT, apesar 643 milhões de perdas com a pandemia

  • ECO Seguros
  • 6 Maio 2021

Os custos com a mortalidade causada pela doença Covid-19 determinaram prejuízo no resultado trimestral da divisão de resseguro Vida e Saúde.

A Swiss Re, líder mundial no resseguro, apurou 333 milhões de dólares de lucro líquido no primeiro trimestre (1ºT) de 2021, com o “forte desempenho da atividade corrente” nas subsidiárias do grupo a compensar 643 milhões de dólares de perdas relacionadas com a COVID-19, ao que acresceu 426 milhões em custos resultantes de catástrofes naturais. Excluindo o impacto destes sinistros e reservas relacionadas com a COVID-19, o resultado teria sido de 843 milhões (contra 158 milhões em base comparável um ano antes), indica a companhia.

O resultado líquido apresentado para o período terminado em março compara com perdas de 225 milhões de dólares no primeiro trimestre de 2020. O montante de prémios de resseguro (e comissões) ascendeu a 10,2 mil milhões de dólares (cerca de 8,45 mil milhões de euros), em progressão de 6,5% face ao consolidado um ano antes.

O início de 2021 registou números recorde de mortes relacionadas com a COVID-19 em muitos países, e os nossos pensamentos vão para aqueles que perderam um ente querido. O devastador custo humano da pandemia reflete-se também nos resultados financeiros da Swiss Re”, afirma Christian Mumenthaler, CEO da Swiss Re, citado no comunicado da instituição.

A divisão P&C Re (resseguro não Vida) cresceu 5,7% em prémios líquidos, para 5,0 mil milhões de dólares, um crescimento impulsionado por novo negócio e a conseguir lucro de 477 milhões de dólares, significativamente acima dos 61 milhões de dólares em igual trimestre de 2020. O desempenho refletiu “melhoria contínua dos preços e da subscrição disciplinada,” em particular na gestão dos eventos associados a catástrofes naturais nos EUA.

O rácio combinado o negócio P&C Re foi calculado em 96,5%, em comparação com 110,8% no mesmo indicador de eficiência em 2020. Em abril, o volume de novos contratos de seguro situava-se em 2,6 mil milhões de dólares, um incremento homólogo de 20%, situa a companhia referindo oportunidades atrativas de fecho de negócios e preços.

A área L&H Re (resseguros Vida e Saúde) foi afetada pelo impacto da pandemia, com encargo de 570 milhões de dólares relacionado com a “elevada mortalidade” nos EUA e em outros países e a gerar prejuízo líquido de 184 milhões de dólares na conta L&H Reinsurance, detalha o relatório da companhia. Nos EUA, por exemplo, onde a Covid-19 provocou pico de mortalidade no trimestre (mais de 200 mil mortos), a taxa de mortalidade diária decresceu bastante desde março em resultado do esforço de vacinação, nota a resseguradora.

Excluindo os sinistros relacionados com a pandemia e as reservas constituídas no trimestre, a atividade corrente de L&H Re apresentou ganho de 270 milhões, beneficiando de crescimento em todas as regiões e resultados favoráveis na atividade de investimento. Os prémios líquidos progrediram 13,8%, para 3,8 mil milhões de dólares com destaque para a região EMEA.

No polo Corporate Solutions, a Swiss Re obteve resultado líquido de 96 milhões de dólares, recuperando de prejuízo calculado em 166 milhões um ano antes. Por seu lado, o volume líquido de prémios adquiridos permaneceu praticamente estabilizado em 1,2 mil milhões.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Swiss Re lucra 333 milhões no 1ºT, apesar 643 milhões de perdas com a pandemia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião