Generali entra na micromobilidade com uma participação na Ridemovi

  • ECO Seguros
  • 12 Maio 2021

A aposta do grupo italiano responde aos desafios da sustentabilidade e resiliência em termos de investimento e estratégia. A Ridemovi, líder em Itália e presente em Espanha, quer expandir na Europa.

A Generali SpA deu novo passo no desenvolvimento da sua estratégia de sustentabilidade e comprou uma participação na Ridemovi, empresa que opera na área da micromobilidade em Itália e Espanha.

O investimento foi concretizado através de um fundo especializado, gerido pela Ocorian Fund Management e participado por várias empresas do grupo segurador italiano. A Generali Insurance Asset Management acompanhou a transação, prestando consultoria de investimento ao fundo.

Especialista em serviços de partilha de bicicletas e-scooters, a Ridemovi opera em 17 cidades de Itália e Espanha, dispondo de uma frota de 30 mil veículos (bicicletas, e-bikes e e-scooters).

“A Ridemovi é a empresa italiana líder no setor da micromobilidade. Desenvolveu um modelo de negócio muito eficiente e escalável,” adiantou a Reuters citando Stefano Ferrari, gestor de portefólio na Generali Investments.

O investimento financeiro do fundo Ocorian vai permitir à Ridemovi expandir a frota até aos 70 mil veículos, sobretudo unidades elétricas. De acordo com fonte da empresa que, em 3 anos de atividade, já conquistou dois milhões de utilizadores, a entrada de capital ajudará a reforçar liderança da empresa em Itália e Espanha, apoiando também a abertura de novos mercados na Europa.

“Estamos muito satisfeitos por termos sido escolhidos por um investidor como a Generali” disse Alessandro Felici, CEO da Ridemovi, citado na imprensa italiana. “Graças ao investimento da Generali, poderemos acelerar a expansão internacional da Ridemovi e investir na investigação para continuar a inovar veículos e serviços, tornando-os cada vez mais funcionais e eficientes,” explicou.

Nascida em 2017, a Ridemovi desenvolveu-se como distribuidor da Mobike e ganhou dimensão com a aquisição do negócio, em 2019, tornando-se líder nos mercados italiano e espanhol. Por seu lado, o grupo Generali – empenhado nos desafios da sustentabilidade e resiliência em termos de estratégia e investimento – tem metas definidas em investimento verde e sustentável (mais de 4 000 milhões) e objetivos a atingir no volume prémios com valor sócio-ambiental (7 a 9%).

Segundo análise da consultora McKinsey citada em publicação do grupo Generali – que celebra os 190 anos da sua fundação -, os serviços partilhados no setor da micromobilidade urbana considerando o conjunto China, EUA e UE terá um valor estimado entre 300 mil milhões e 500 mil milhões de dólares em 2030.

Estes números colocam os EUA como o mercado de maior dimensão (200 a 300 mil milhões de dólares), seguindo-se União Europeia (100 a 150 mil milhões) e a China (30 a 50 mil milhões). A posição da China resulta dos preços médios da oferta local comparados com os praticados no mercado norte-americano.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Generali entra na micromobilidade com uma participação na Ridemovi

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião