Dia sem mortes por Covid-19 e com 450 casos. Rt sobe para 0,95

Desde o início da pandemia, Portugal soma 841.379 casos de infeção e 16.999 óbitos por Covid-19. O Rt subiu, de 0,93 para 0,95.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) identificou 450 novos casos de infeção por SARS-CoV-2 nas últimas 24 horas, não tendo sido registado qualquer óbito por causa da doença, segundo o boletim epidemiológico desta sexta-feira. Desde o início da pandemia já 841.379 pessoas ficaram infetadas, das quais 16.999 morreram com Covid-19. O Rt subiu, de 0,93 para 0,95.

O boletim informa ainda da existência de um total de 802.285 recuperados desde que a pandemia atingiu o território nacional, sendo que, desde o balanço anterior, foram identificadas mais 324 pessoas nesta situação. Atualmente, existem em Portugal 22.095 casos ativos da doença, mais 126 do que na quinta-feira.

Ainda que a maioria dos infetados com o novo coronavírus se mantenha a recuperar em casa, o número de doentes em cuidados intensivos cresceu face ao anterior balanço. O boletim da DGS dá conta de mais dois internados em UCI, para um total de 72 neste momento. Porém, o número total de internamentos hospitalares relacionados com a doença é, neste momento, de 236 — com menos oito pessoas a estarem nesta situação, face ao dia anterior.

Tendo em conta as várias regiões do país, é no Norte que se regista o número mais elevado de novos casos de infeção (+157), correspondendo a 34,9% do número total de novos casos identificados nas últimas 24 horas. Segue-se a região de Lisboa e Vale do Tejo, que registou mais 141 novas infeções — ou seja, aproximadamente 31,3% do total do país. São também estas as duas regiões de Portugal que totalizam, desde o início da pandemia, mais casos confirmados (338.034 e 317.789, respetivamente).

Existem ainda, atualmente, menos 144 pessoas em vigilância ativa em comparação com o anterior balanço, pelo facto de terem contactado com um caso positivo da doença. Neste momento, 18.967 encontram-se sob vigilância das autoridades de saúde por esse motivo.

Rt sobe, mas incidência da doença desce

O boletim epidemiológico desta sexta-feira informa ainda que, neste momento, o índice de transmissibilidade (Rt) na globalidade do país se encontra nos 0,95. Valor que também se aplica caso se considere, apenas, o continente. Ambos indicadores subiram face à atualização de quarta-feira, que indicava que, nessa altura, o Rt era de 0,93 a nível nacional e de 0,92 no continente.

Fonte: DGS.

Contrariamente, a incidência da doença (média de novos casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias) voltou a descer, em comparação com o anterior balanço — 51 a nível nacional e de 48,7 no continente. Agora, tendo em conta o território nacional, a incidência é de 50,3, sendo ainda mais baixa em território continental (48,1 novos casos por 100 mil habitantes).

Considerando estes dois indicadores — o Rt e a incidência da doença –, o país permanece, assim, na zona verde da matriz de risco usada pelo Governo para controlar a evolução da pandemia.

(Notícia atualizada às 14h54 com mais informação)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Dia sem mortes por Covid-19 e com 450 casos. Rt sobe para 0,95

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião