SIC quer 30 milhões dos pequenos investidores. Dá juro de 3,95%

Estação de Carnaxide pretende financiar-se em 30 milhões de euros. Lança uma oferta de subscrição e outra de troca em que os investidores recebem um juro inferior ao de 2019, mas têm prémio.

A SIC, estação de televisão da Impresa, está de volta ao mercado com uma nova emissão de obrigações para o retalho. Quer financiar-se em 30 milhões de euros, sendo que parte deste valor será obtido através da troca dos títulos de dívida emitidos em 2019. A taxa é mais baixa, mas há um prémio em dinheiro para quem aceitar a conversão.

Em comunicado enviado à CMVM, a empresa liderada por Francisco Pinto Balsemão anuncia o lançamento de uma oferta pública de subscrição das obrigações SIC 2021-2025. “Serão emitidas até 1.000.000 de obrigações, com o valor nominal unitário de 30 euros e global de até 30 milhões“, refere o prospeto, indicando que o mínimo de subscrição são 50 títulos, ou seja, 1.500 euros.

Nestas obrigações com maturidade a quatro anos, e cuja subscrição arranca no dia 24, a SIC propõe pagar uma taxa de juro anual de quase 4%. “A taxa de juro das obrigações SIC 2021-2025 será fixa e igual a 3,95% ao ano“, diz em comunicado, sendo este juro inferior ao pago na última operação de financiamento realizada em 2019.

Ao mesmo tempo que avança com esta OPS, coloca no mercado uma oferta pública de troca. Ou seja, abre a possibilidade de quem investiu na dívida emitida em 2019 trocar esses títulos por estes, mantendo o investimento por mais tempo, mas com uma taxa inferior.

Se na emissão de 2019 a SIC atraiu os investidores com um juro de 4,5%, agora quer pagar 3,95%. Contudo, para premiar quem aceite a troca de dívida, está a oferecer um prémio.

“A contrapartida oferecida no âmbito da OPT corresponde, sujeita a impostos, comissões e outros encargos, a uma obrigação SIC 2021-2025 com o valor nominal unitário de 30 euros e um prémio em numerário no valor de 0,4917 euros“, refere a empresa em comunicado.

A operação de financiamento da SIC arranca no dia 24, podendo os investidores apresentarem as ordens junto do banco até dia 7 de junho. Os novos títulos serão colocados no mercado, “após a sessão especial de apuramento dos resultados das ofertas a ocorrer no dia 8 de junho de 2021″, conclui.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

SIC quer 30 milhões dos pequenos investidores. Dá juro de 3,95%

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião