Petra Hielkema nomeada presidente da EIOPA

  • ECO Seguros
  • 29 Maio 2021

Petra Hielkema sucede ao português Gabriel Bernardino para um mandato de cinco anos à frente da Autoridade europeia de seguros e pensões complementares de reforma.

Petra Hielkema, atualmente no banco central dos Países Baixos como responsável pela supervisão prudencial no setor dos seguros, foi confirmada nova presidente da EIOPA.

O Conselho de ministros da UE (Conselho Europeu) confirmou Petra Hielkema como a nova presidente da Autoridade Europeia dos Seguros e Pensões Complementares de Reforma (EIOPA na sigla internacional).

O Conselho adotou a decisão
com base na lista restrita de candidatos ao cargo de presidente elaborada pelo Conselho de Supervisores da EIOPA após aprovação prévia do Parlamento Europeu. “Com o acordo da EIOPA e do seu atual empregador, o banco central dos Países Baixos, De Nederlandsche Bank, Petra Hielkema vai assumir o cargo por um período de cinco anos a contar de 1 de setembro de 2021,” refere uma nota de imprensa do Conselho Europeu, realizado no passado dia 27 de maio.

Petra Hielkema é atualmente diretora do departamento de Supervisão dos Seguros no banco central dos Países Baixos, onde é responsável pela supervisão prudencial do setor dos seguros. Tem um mestrado europeu em Direito e Economia e um mestrado em Estudos Russos.

A nova presidente da EIOPA que, desde 2020, já presidia ao Comité de Direção das Políticas da EIOPA, ficou à frente de outros dois candidatos que estavam na lista que a entidade sediada em Frankfurt submeteu, em março, ao Parlamento Europeu e ao Conselho da UE: Christian Thimann (CEO da da seguradora alemã Athora) e Paolo Cadoni (responsável de política prudencial no Banco de Inglaterra).

O mandato na presidência da EIOPA é de cinco anos e pode ser renovado uma vez. Bernardino, que anunciou a saída em fevereiro de 2021, cumpriu uma década à frente do organismo europeu.

Junto com a EBA (European Banking Authority) e a ESMA (European Securities and Markets Authority), a EIOPA (European Insurance and Occupational Pensions Authority) é parte do Sistema Europeu de Supervisão Financeira (SESF), introduzido em 2010 para abordar os riscos que a crise financeira de 2007-2008 veio expor. É um órgão consultivo independente da Comissão Europeia, do Parlamento Europeu e do Conselho da UE.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Petra Hielkema nomeada presidente da EIOPA

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião