Viajar até à Provence Francesa sem sair do Estoril

À chegada sentimos primeiro o cheiro a alfazema. Mas outros notas florais vão surgindo assim que cruzamos a porta do SPA do InterContinental no Estoril.

É precisamente no SPA do InterContinental no Estoril que a L’Occitane oferece “uma fuga do corpo e da mente para a nossa querida Provença, uma terra ensolarada de maravilhas naturais ilimitadas”, como define Adrien Geiger, diretor global da marca. A proposta surge como uma espécie de convite a um retiro no sul de França, desfrutando através da marca uma verdadeira jornada holística e sensorial.

Todo o ambiente e os tratamentos são inspirados na arte de viver mediterrânea, combinando produtos e ingredientes autênticos da Provença, de origem certificada e eficácia comprovada, a que se juntam massagens terapêuticas tradicionais de todo o mundo, executadas manualmente, sem exceção. O sentido do tato está na essência e na filosofia do Spa e da marca, que não usa máquinas nem tecnologia, apenas as mãos especialistas dos terapeutas que, com os seus toques e aromas que invadem as salas, nos levam nessa escapadela de bem-estar até aos solos ensolarados e florais do sul de França.

Mãos que criam sequências de massagens que se tornaram na assinatura dos Spa L’Occitane pelo mundo, e que reforçam a eficácia de ingredientes ativos e fórmulas patenteadas. Com tratamentos de rosto e de corpo, adaptados aos desejos ou necessidades de cada cliente, a ideia é que a cada sessão se trabalhem os nossos sentidos com várias texturas sensoriais, música relaxante e chás tradicionais da região. À experiência os visitantes podem ainda juntar momentos na piscina interior, na sauna e banho turco que fazem parte da oferta.

Mas se no SPA viajamos até ao sul de França, assim que chegamos à enorme varanda onde são servidos, por exemplo, os pequenos-almoços, vivemos o que de melhor o Estoril tem para oferecer — o mar no horizonte. O InterContinental Cascais-Estoril tem uma das vistas mais privilegiadas e posiciona-se como o destino ideal para os amantes de desportos de elite, dada a sua proximidade a infraestruturas para a prática de atividades ao ar livre, como o golf, a vela, a Fórmula 1 e o hipismo.

Um hotel ideal para famílias, com áreas espaçosas nos quartos e grande proximidade às principais praias da Linha. A decoração foi pensada para refletir a luz que o Oceano Atlântico introduz nos espaços, já que todos os quartos e suites desfrutam de uma vista oceânica. Além disso, os quartos dispõem ainda de terraços e o hotel apostou em materiais leves, frescos e de qualidade, de forma que os hóspedes encontrem uma verdadeira experiência sensorial que convida ao relaxamento e que se prolonga até ao exterior do hotel. Lá fora é possível passear pelos jardins ou quando o calor aperta mergulhar na piscina e “apanhar” banhos de sol. Ao final do dia, com um pôr-do-sol como pano de fundo, a sugestão é desfrutar de um cocktail com ervas aromáticas frescas acabadas de colher na horta biológica.

À experiência junta-se a gastronomia, do Bago du Vin Gourmet Bar & Terrace onde se pode desfrutar dos melhores vinhos e de uma charcutaria fresca, entre vários queijos e enchidos. E com a ajuda do sommelier escolher um vinho de acordo com as nossas preferências. Um local ideal para começar o dia com o pequeno-almoço ou assistir ao pôr-do-sol na companhia de um copo de vinho. Junta-se ainda o Villa Atlântico, com uma deslumbrante vista para o mar.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Viajar até à Provence Francesa sem sair do Estoril

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião