Grupo Santalucía compra primeiro imóvel em Lisboa por 22 milhões de euros

  • ECO Seguros
  • 21 Junho 2021

A Santalucía, seguradora espanhola que tem uma parceria com a Fidelidade, adquiriu um imóvel na rua Duque de Palmela, em Lisboa, por cerca de 22 milhões de euros.

Após ter liderado o processo de venda do Edifício Duque de Palmela 11 à seguradora espanhola, através do departamento de Capital Markets, a JLL foi mandatada pelo novo proprietário para, junto com a Tétris, concretizar o reposicionamento, remodelação e comercialização do ativo.

Ignacio Palazón, responsável pela Área Imobiliária da seguradora Santalucía comentou: “Estamos muito orgulhosos da primeira aquisição imobiliária em Lisboa de um edifício de escritórios com uma localização invejável”.

Segundo comunicado da consultora imobiliária, a JLL foi contratada “para desenvolver um projeto integrado que estabelecesse uma nova visão e ambição para o reposicionamento do edifício. O objetivo “é claro: transformar este imóvel num dos mais modernos e sustentáveis edifícios de escritórios do centro de Lisboa,” comunicou a consultora.

Localizado numa zona privilegiada (Prime CBD de Lisboa, na rua Duque de Palmela), junto ao Marquês de Pombal, o edifício ergue-se por 10 pisos e conta com uma Área Bruta Locável (ABL) de 4.377 m² de escritórios, encontrando-se atualmente sem inquilinos. Conta ainda com terraços privativos e um parque de estacionamento privado, com 89 lugares.

A equipa da Tétris, a empresa de design e construção do grupo JLL, irá desenvolver e executar todo o projeto de remodelação “que irá transformar por completo o edifício, reduzindo a sua pegada ambiental e dotando-o de uma nova distribuição de espaços, privilegiando as áreas colaborativas em open space”.

Confiante no projeto em conjunto com a JLL e a Tetris, “que são uma referência no mercado imobiliário português,” Palazón referiu ainda que a equipa de imobiliário da Santalucía “está especialmente entusiasmada para começar este projeto, que temos a certeza que será emblemático, e fazê-lo com a equipa da JLL e da Tetris certamente nos conduzirá ao sucesso”.

De acordo com o site Vida Imobiliária, a CMS Rui Pena & Arnaut acompanhou o grupo Santalucía no negócio de aquisição do imóvel, nas vertentes de Direito Imobiliário e Fiscal.

Francisco Herculano, responsável pela operação por parte da CMS Rui Pena & Arnaut, comentaou que se tratou de “um investimento que se reveste de uma grande importância, na medida em que é o primeiro que o Grupo Santalucía efetua no nosso mercado, o que vem comprovar que Lisboa continua a ser atrativa para os investidores estrangeiros».

A Santalucía Seguros tem origem centenária e é um dos negócios do Grupo Santalucía, sociedade matriz. No final de 2019 consolidou receitas de 3,4 mil milhões de euros e ativos totais de montante superior a 13 mil milhões. Embora tenha a Espanha como mercado principal, desenvolve estratégia de internacionalização em Portugal (tem uma parceria com a Fidelidade), Colômbia, México, Chile e Argentina.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Grupo Santalucía compra primeiro imóvel em Lisboa por 22 milhões de euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião