BRANDS' ECOSEGUROS i2S agora é Cleva e quer “continuar a liderar”

  • BRANDS' ECOSEGUROS
  • 21 Junho 2021

A união da empresa i2S com a francesa Inetum permite disponibilizar ao mercado segurador uma solução de software completa nos ramos Vida e Não Vida com o nome Cleva.

A i2S, empresa de desenvolvimento de software para o mercado segurador, conta com 30 anos de experiência e com uma história de sucesso na implementação de soluções em vários países. Assume uma posição de liderança no segmento de Vida em mercados como Portugal, Angola ou Moçambique.

O software Cleva, uma solução para seguros do grupo Inetum (anteriormente, Gfi), é líder no ramo Não Vida, com uma forte presença internacional. Incorpora, por isso, uma visão global do negócio de software para seguros.

Em 2020, as duas empresas combinaram valências para disponibilizar uma solução de software mais completa ao mercado. A i2S é agora Cleva Inetum e o seu portfólio, agora Cleva, faz parte da oferta global do grupo Inetum.

A Cleva Inetum conta hoje com mais de 450 colaboradores nas suas unidades do Porto, Lisboa, Paris e Lyon.

Em conjunto, a i2S e a Inetum partilham mais de 100 implementações de Vida e Não Vida, mas também os mesmos valores, conhecimento, tecnologia e objetivos para o mercado português. “A Cleva Inetum quer continuar a liderar a oferta de soluções de software para a indústria seguradora, destacando-se pela qualidade das soluções e pelo elevado conhecimento de negócio dos seus profissionais”, explica Helena Leite, COO da Cleva. “Continuamos comprometidos com os nossos clientes, as suas necessidades de aceleração da transformação digital e de resposta ao mercado”, adianta.

O processo de união foi realizado sem “desafios relevantes”, já que “as organizações são muito semelhantes no essencial: o mesmo foco de negócio (o desenvolvimento e implementação de software), equipas com perfis semelhantes e muito em comum em termos de conhecimento”, confirma Helena Leite. “Tem sido muito positivo do ponto de vista da aprendizagem mútua já que as duas empresas têm mercados alvo complementares e, como tal, as soluções apresentam diferenças funcionais e oportunidades de desenvolvimento de parte a parte. Por outro lado, do ponto de vista tecnológico, tem sido também um caminho de convergência, de aprendizagem e desafio mútuos, algo que os nossos profissionais apreciam”, acrescenta.

Helena Leite, COO da Cleva Inetum.

A Cleva Inetum conta hoje com mais de 450 colaboradores nas suas unidades do Porto, Lisboa, Paris e Lyon, dedicados ao desenvolvimento e implementação das soluções Vida e Não Vida, para clientes em todo o mundo.

Em relação à oferta de produtos, a COO da Cleva confirma que o essencial para o setor segurador – “o software de core de seguros e módulos específicos que respondem à transformação digital do negócio” – mantém-se inalterado. No entanto, “fruto da integração no Grupo Inetum, acrescemos algumas soluções de software do próprio Grupo e cuja integração com o nosso software podemos facilitar e que são uma mais-valia para os nossos clientes. São disso exemplo o BDoc – solução de comunicação com clientes, o RFlow – solução de gestão documental ou o MyMetriks – solução de reporting e exploração de dados”, explica Helena Leite.

Questionada sobre quais considera ser os maiores desafios do setor dos seguros hoje, a responsável refere que “não são novos, mas continuam atuais” e “acelerados por estes tempos de pandemia”, nomeadamente “a inovação ao nível da oferta de produtos e serviços ajustados aos diferentes perfis dos consumidores e a estilos de vida e padrões de consumo em permanente mudança e o estabelecimento de novas formas de interação com o consumidor, necessariamente mais digitais e integrados, focados na experiência, comodidade, proximidade e serviço”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

i2S agora é Cleva e quer “continuar a liderar”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião