Twitter lança funcionalidades para passar a ter conteúdos pagos

  • Lusa
  • 23 Junho 2021

Rede social começou a aceitar candidaturas de utilizadores que desejem ganhar dinheiro com os seus conteúdos através de opções como Ticketed Spaces ou Super Follows.

A rede social Twitter anunciou que um número restrito de utilizadores com uma larga audiência na plataforma nos EUA pode vir a testar novas funcionalidades que permitem propor formatos e conteúdos pagos.

A rede social começou a aceitar candidaturas de utilizadores que desejem ganhar dinheiro com os seus conteúdos através de opções como Ticketed Spaces ou Super Follows.

“A opção ‘Ticketed Spaces’ ajuda-vos a criar experiências áudio em direto no ‘Twitter Spaces’, pelas quais o vosso público está disponível para pagar”, explicaram, em comunicado, Ellen Havlicek e Esther Crawford, gestoras de produto do Twitter.

“Já a opção ‘Super Follows’ vai permitir criar uma relação direta com os vossos subscritores mais fiéis, o que pode gerar um rendimento mensal”, acrescentaram as responsáveis.

Através do Ticketed Spaces, as estrelas do Twitter vão poder vender bilhetes de entrada virtuais para os eventos áudio, com preços a variar entre um dólar e 999 dólares.

Os super subscritores vão, por seu lado, poder pagar pacotes mensais de três, cinco ou 10 dólares para aceder a conteúdos exclusivos.

“Queremos ajudar a fazer do Twitter não apenas um espaço simpático para interagir com o público, mas também um espaço onde podem ganhar dinheiro com conversas estimulantes”, garantiram as gestoras de produto da rede social.

O Twitter fica com 3% das receitas destas duas novas funcionalidades até um teto de 50 mil dólares. Acima desse montante a rede social cobra uma comissão de 20%.

As receitas podem permitir à empresa diversificar as suas fontes de receita, que se baseiam atualmente, na grande maioria, em publicidade.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Twitter lança funcionalidades para passar a ter conteúdos pagos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião