“É inútil alterarmos a nossa matriz” de risco da Covid-19, diz Costa

O primeiro-ministro sublinhou que a matriz de risco de Portugal segue os critérios definidos a nível europeu, pelo que não se deverá alterar.

O primeiro-ministro admite que há muita discussão em Portugal sobre a matriz de risco para seguir a evolução da Covid-19, mas reitera que é “inútil” alterar. Isto já que se rege pelos mesmos critérios que o Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC, na sigla em inglês), pelo que as decisões tomadas terão esses indicadores como base.

“Muita gente em Portugal tem discutido matriz. Tenho insistido em explicar que a matriz é a que adota o Centro Europeu de Controlo das Doenças, é inútil alterarmos a nossa matriz”, defende António Costa, em declarações transmitidas pelas televisões.

Entre as vozes que têm apelado à alteração dos indicadores da pandemia encontra-se o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, que pediu uma revisão dos critérios para se decidir o recuo no desconfinamento. O Presidente da República também já defendeu uma mudança da matriz de risco, face à crescente taxa de imunidade.

O primeiro-ministro foi ainda questionado sobre a possibilidade de Portugal entrar na “lista negra” de viagens da Alemanha, ao que apontou que as decisões devem ser tomadas a nível europeu. “Em função da matriz, os países europeus vão fixando as regras”, aponta. “Sabemos bem a situação em que estamos”, acrescentou.

O país está atualmente no quadrante vermelho da matriz de risco, com os indicadores da incidência e do índice de transmissibilidade acima do limite. A situação tem sido atribuída à propagação da variante Delta, sendo que o primeiro-ministro diz esperar que “Portugal seja a última fronteira desta variante”. No entanto, assume que receia que assim não seja, já que “não é a previsão que ECDC faz”, de que se irá continuar a expandir.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

“É inútil alterarmos a nossa matriz” de risco da Covid-19, diz Costa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião