Aumento de inflação pode dar sustentabilidade à dívida pública, diz presidente do IGCP

A presidente do IGCP defende que "temos algum espaço para acomodar a transição do paradigma ou registo da política monetária".

A presidente da Agência de Gestão de Tesouraria e da Dívida (IGCP) defende que o aumento de inflação pode dar alguma “sustentabilidade” à dívida pública. Isto desde que esta subida ocorra por “boas razões”, e que não seja um comportamento “endémico e que entre em espiral”, explica Cristina Casalinho.

Cristina Casalinho adianta que o IGCP analisa os riscos de inflação internamente, ao desenhar cenários de evolução de taxas de juro e fazendo uma “análise de sensibilidade ao custo da dívida pública”, na sequência de questões dos deputados da Comissão de Orçamento e Finanças, no âmbito de uma audição sobre o plano de atividades.

A avaliação que resulta é de que “o aumento da inflação, desde que seja controlado e por boas razões, e não seja endémico e entre em espiral, pode, favorecendo a relação do produto nominal, dar alguma sustentabilidade à dívida pública”, sublinha a presidente do IGCP. Isto, frisa, “desde que seja por razões normais”.

A responsável pela agência que gere a dívida aponta que hoje em dia, na medida em que, entre o custo médio da dívida e o custo marginal, o diferencial é tão elevado, “temos algum espaço, alguns anos — dois, três ou quatro — para acomodar a transição do paradigma ou registo da política monetária”.

Apesar de poderem existir fenómenos que surpreendem, “pelo menos dois ou três anos teremos para gerir processo”, assegura Cristina Casalinho, apontando que “ uma janela temporal que pode ser usada para promover a transição”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Aumento de inflação pode dar sustentabilidade à dívida pública, diz presidente do IGCP

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião