“Receita para melhorar o país tem de vir do trabalho”, diz Vasco de Mello

  • ECO
  • 29 Junho 2021

Vasco de Mello alerta que Portugal tem de aproveitar os fundos comunitários que vai receber para transformar o Estado e a base produtiva da economia.

Portugal vai ter de aplicar “bem” todos os recursos do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) para combater o “grande impacto” da pandemia na economia. Quem o diz é o presidente dos conselhos de administração da José de Mello e da Brisa, da direção da Fundação Amélia de Mello e da Vasco de Mello e da nova Business Roundtable Portugal (BRP) em entrevista ao Público (acesso condicionado).

“É sempre oportuno. Poderia ter sido mais cedo, mas foi na altura em que havia condições para o fazer”, diz sobre a criação da associação, que é um misto entre think tank e grupo de pressão, e reúne 42 grandes empresas do país que empregam 382 mil trabalhadores. Portugal está a viver um momento único e o mundo também. Os impactos da pandemia vão repercutir-se de forma significativa, tanto na economia como na sociedade. Portugal tem que crescer muito mais do que nas últimas duas décadas”.

Vasco de Mello defende que esse crescimento só pode acontecer se suportado na qualificação de pessoas, no aumento da produtividade das empresas e no impulso do Estado como facilitador da atividade económica. “Em todas estas três áreas há situações que têm que ser alteradas”, afirmou. “Não temos receitas mágicas, as receitas têm que vir de trabalho, de aprofundamento do trabalho realizado, para podermos ter medidas e propostas que sejam realistas e possam ser implementadas“, acrescentou ao Público.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

“Receita para melhorar o país tem de vir do trabalho”, diz Vasco de Mello

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião