Canal do Suez anuncia receita recorde apesar de bloqueio do Ever Given

  • Lusa
  • 11 Julho 2021

O presidente da Autoridade do Canal do Suez não faz referência no comunicado ao bloqueio de seis dias causado pelo porta-contentores Ever Given, que ficou atravessado na via.

A Autoridade do Canal do Suez indicou este domingo ter tido uma receita recorde no ano fiscal 2020-2021, cerca de 5.840 milhões de dólares (4,9 mil milhões de euros), apesar do bloqueio do navio cargueiro Ever Given.

Aquela receita, a maior da história do canal, representa um aumento de 2,2% em relação ao ano anterior, adiantou a autoridade egípcia, presidida pelo almirante Osama Rabie, num comunicado, segundo a agência noticiosa espanhola EFE.

A autoridade gestora da via navegável que liga o mar Mediterrâneo ao mar Vermelho revelou ainda que durante o primeiro semestre deste ano obteve uma receita de 3.000 milhões de dólares (2,5 mil milhões de euros), o que representa um aumento de 8,6% em relação ao mesmo período do ano passado

“As políticas flexíveis de promoção e de preços da autoridade têm sido bem-sucedidas” e ajudaram a “reduzir o impacto negativo da crise do coronavírus”, disse Rabie, adiantando que foi possível “manter as taxas de trânsito de navios no canal e ganhar a confiança dos clientes”.

O presidente da Autoridade do Canal do Suez não faz referência no comunicado ao bloqueio de seis dias causado pelo porta-contentores Ever Given, que ficou atravessado na via. O navio abandonou o canal esta semana após ter estado mais de três meses retido, e depois de as autoridades egípcias e o seu proprietário terem chegado a um acordo “confidencial”.

O bloqueio do canal durante quase uma semana significou perdas de entre 72 e 90 milhões de dólares (60,6 e 75,7 milhões de euros), segundo a autoridade, que exigiu inicialmente uma compensação de 916 milhões de dólares (772 milhões de euros) pelos prejuízos causados. Posteriormente, terá concordado reduzir a indemnização para os 550 milhões de dólares (463 milhões de euros).

O acidente teve efeitos na economia a nível mundial, dado que cerca de 12% do comércio marítimo internacional passa pelo Canal do Suez.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Canal do Suez anuncia receita recorde apesar de bloqueio do Ever Given

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião