Prémio Fidelidade Comunidade dá 150 mil euros a 9 instituições

  • ECO Seguros
  • 22 Julho 2021

Com 263 candidaturas à primeira fase da 4ª edição o júri atribuiu prémios em áreas do envelhecimento, inclusão social de pessoas com deficiência e incapacidade e prevenção em saúde.

O júri do Prémio: Isabel Capeloa Gil, Reitora da Universidade Católica Portuguesa, Jorge Magalhães Correia, Presidente do Conselho de Administração da Fidelidade, Filipe Almeida, Presidente da Estrutura de Missão Portugal Inovação Social, Maria de Belém Roseira, ex-Ministra da Saúde e da Igualdade e Madalena Santos Ferreira, jurista.

A primeira fase da 4ª edição do Prémio Fidelidade Comunidade distinguiu nove instituições sociais de todo o país, incluindo a Região Autónoma da Madeira, com um prémio no valor total de 150 mil euros. Este ano e excecionalmente, o prémio de valor total de 750 mil euros foi dividido em duas fases, com dotações de valor diferentes.

A primeira fase premiou projetos urgentes ou emergentes, com valores entre 5 mil e 20 mil euros, com o objetivo de, segundo a Fidelidade “dar uma resposta imediata a necessidades locais e aos desafios urgentes do setor social, muitos deles decorrentes da pandemia”.

Com 263 candidaturas recebidas nesta fase, a maioria das instituições vencedoras apresentou projetos na área do envelhecimento, seguindo-se a de inclusão social de pessoas com deficiência ou incapacidade e, em menor número, a área da prevenção em saúde. Os apoios mais solicitados ao Prémio Fidelidade Comunidade prendem-se com a contratação de recursos humanos, compra de viaturas, obras, e, equipamento hospitalar.

Os premiados da 1ª fase foram:

  • A Gralha – Associação para o Desenvolvimento de Porto Covo, de Sines;
  • Associação de Apoio a Idosos e Jovens da Freguesia de Meca, de Alenquer;
  • Associação Portuguesa de Deficientes, do Porto;
  • Centro Paroquial Social Padre Agostinho Caldas Afonso, de Viana do Castelo;
  • Centro Social e Paroquial de S. Martinho de Bougado, da Trofa;
  • Centro Social Paroquial do Carmo, da Madeira;
  • Clube Desportivo Garachico, da Madeira;
  • Santa Casa da Misericórdia de Melgaço, de Viana do Castelo;
  • Santa Casa da Misericórdia de Sernancelhe, de Viseu.

A segunda fase do Prémio tem um valor de 600 mil euros e destina-se a projetos entre 50 mil e 100 mil euros que promovam a sustentabilidade das organizações, prevendo a Fidelidade o seu lançamento para outubro deste ano.

Esta premiação está “inserida na estratégia de sustentabilidade e negócio da Companhia”, e reflete como a empresa estrutura a sua resposta às problemáticas da sociedade”, afirma seguradora acrescentando que desta forma se “materializa o seu compromisso com o desenvolvimento sustentável da comunidade, através do fortalecimento do setor social privado”.

O Prémio Fidelidade Comunidade integra um júri independente, descrito pela empresa como integrando “personalidades que refletem diferentes visões, experiências e grande conhecimento da realidade social portuguesa e sensibilidade para os assuntos relacionados com a sustentabilidade e responsabilidade social das empresas”.

O júri é constituído por Maria de Belém Roseira, ex-Ministra da Saúde e da Igualdade, Madalena Santos Ferreira, jurista, Isabel Capeloa Gil, Reitora da Universidade Católica Portuguesa, Filipe Almeida, Presidente da Estrutura de Missão Portugal Inovação Social e Jorge Magalhães Correia, Presidente do Conselho de Administração da Fidelidade.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Prémio Fidelidade Comunidade dá 150 mil euros a 9 instituições

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião