EUA mantêm restrições a viagens “por agora”

  • Carolina Bento
  • 26 Julho 2021

A Administração Biden decidiu continuar com as restrições de viagens existentes devido à alta transmissibilidade da variante Delta.

A maioria dos cidadãos estrangeiros vai continuar impedida de entrar em solo norte-americano. Os Estados Unidos da América (EUA) decidiram não levantar as restrições às viagens, “por agora”, devido à variante Delta, segundo a Reuters (acesso livre, em inglês).

A variante de elevada transmissibilidade já é responsável por mais de 80% dos casos de infeção por Covid-19 nos Estados Unidos. “Tendo em conta onde estamos hoje com a variante Delta, os EUA irão manter as restrições às viagens existentes neste momento”, declarou fonte oficial da Casa Branca à Reuters, antes de acrescentar que devido à variante Delta, os casos estão a aumentar a nível nacional, especialmente entre as pessoas não-vacinadas, e parece que vai continuar a aumentar nas próximas semanas”.

US President Joe Biden speaks briefly to the media before departing the White House for a short visit with wounded veterans at Walter Reed Medical Center in Washington, DC, USA, 29 January 2021. EPA/JIM LO SCALZOEPA/JIM LO SCALZO

A decisão foi tomada na sequência de uma reunião de alto nível na Casa Branca, no final da passada sexta-feira. Assim, estão impedidos de entrar nos EUA todos os cidadãos estrangeiros que tenham estado, nos últimos 14 dias, no Reino Unido, nos 26 países do Espaço Schengen (no qual se inclui Portugal), bem como na Irlanda, China, África do Sul, Irão, Brasil e Índia, segundo o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças norte-americano.

A Reuters já tinha avançado que as fronteiras com o Canadá e o México permaneceriam fechadas para viagens não-essenciais até, pelo menos, 21 de agosto. As companhias aéreas estão a pressionar o governo para aliviar as restrições, numa tentativa de salvar a época turística. Ainda assim, fonte oficial da Casa Branca afirmou à Reuters que a administração Biden está “unida em querer reabrir viagens internacionais de uma forma segura e sustentável”.

 

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

EUA mantêm restrições a viagens “por agora”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião