Quanto “custam” as medalhas de ouro, prata e bronze dos Jogos Olímpicos?

Representam o esforço e o mérito dos atletas, mas muitos sentem curiosidade em saber quanto valem, monetariamente, as medalhas de ouro, prata e bronze dos Jogos Olímpicos.

Medalhas de prata (esquerda), ouro (centro) e bronze (direita) dos Jogos Olímpicos de Tóquio.Tokyo2020

Portugal ainda não alcançou um ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio, mas Patrícia Mamona no triplo salto e Jorge Fonseca no judo já garantiram ao país, respetivamente, uma medalha de prata e uma medalha de bronze. Juntas, são avaliadas em 455 dólares, segundo dados avançados pela CNN.

A estação norte-americana recorda que as medalhas são o resultado do esforço muito suado dos atletas. Por isso, dificilmente estes olham para elas do ponto de vista do seu valor monetário. Mesmo assim, muitos fãs do desporto interrogam-se, por mera curiosidade, acerca do “preço” do ouro, prata e bronze contidos nesses artefactos.

A CNN obteve informação sobre as características de cada uma das três medalhas e avançou com algumas estimativas. Aos preços atuais, a medalha de ouro, se fosse derretida, valeria em torno de 800 dólares. A de prata valeria 450 dólares e a de bronze em torno de 5 dólares.

Segundo a estação, a medalha de ouro não é realmente feita de ouro puro, mas sim de prata banhada a ouro, contendo cerca de seis gramas do metal precioso e “pesando” 556 gramas no total.

Já a medalha de prata é, efetivamente, feita de prata pura e tem um peso de 550 gramas, de acordo com a CNN. Por sua vez, a medalha de bronze é feita com 95% de cobre e 5% de zinco, pesando em torno de 450 gramas.

Mas tudo isto é irrisório quando se trata do mérito dos atletas. A CNN cita Kelly Sotherton, duplamente medalhada com bronze em heptatlo em 2004 e 2008, que assegura que nunca venderá as suas medalhas. “Elas significam muito para mim”, diz. E não é difícil perceber porquê.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Quanto “custam” as medalhas de ouro, prata e bronze dos Jogos Olímpicos?

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião