ASF estreia publicação anual que resume produção regulatória

  • ECO Seguros
  • 2 Agosto 2021

A primeira edição da nova publicação versa sobre 2020. Além de reunir produção normativa nacional e internacional, inclui ainda as medidas setoriais justificadas pela pandemia de Covid-19.

A ASF – Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões estreou nova publicação anual intitulada Desenvolvimentos Regulatórios do Setor Segurador e do Setor dos Fundos de Pensões que apresenta “de forma clara, sintética e acessível os principais atos legislativos e regulamentares relativos ao setor segurador e ao setor dos fundos de pensões”.

A primeira edição da publicação refere-se a 2020 e percorre a extensa produção do regulador e supervisor nacional, mas também atos jurídicos (de produção legislativa nacional e da UE) e iniciativas de organismos de âmbito internacional, como a EIOPA e a IAIS.

Para além da produção legislativa e regulamentar, a edição inaugural de Desenvolvimentos Regulatórios inclui as medidas de resposta à pandemia COVID-19 que tiveram impacto no enquadramento regulatório do setor segurador e do setor dos fundos de pensões, designadamente o regime excecional aplicável ao pagamento do prémio de seguro.

A produção da nova publicação é da responsabilidade do Departamento de Política Regulatória da ASF.

Consulte aqui o ficheiro com o resumo de 2020.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

ASF estreia publicação anual que resume produção regulatória

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião