Costa da Caparica vai ser a primeira praia 5G em Portugal

  • Joana Abrantes Gomes
  • 2 Agosto 2021

Parceria da Nos com a Câmara de Almada vai cobrir mais de cinco quilómetros do areal das praias da Costa da Caparica e detetar automaticamente situações anómalas ou de risco para os banhistas.

Portugal vai ter a primeira praia com rede 5G. Este é o resultado de uma parceria entre a Nos e a Câmara Municipal de Almada, celebrada esta segunda-feira, que vai cobrir mais de cinco quilómetros de extensão do areal das praias da Costa da Caparica e monitorizar a zona de banho, o número de banhistas e as aglomerações no areal.

A parceria permitirá tornar a praia “mais segura e inteligente” e “antecipar como será a praia do futuro”, através da instalação de “soluções inovadoras de inteligência artificial e vídeo analytics” na praia Tarquínio-Paraíso, que serão “assentes na rede 5G da Nos”, lê-se no comunicado enviado pela empresa às redações. O objetivo passa por “detetar automaticamente situações anómalas ou de risco para a segurança dos cidadãos” que, uma vez detetadas, irão desencadear “o envio de alertas para as entidades responsáveis pela segurança das praias”, como a polícia marítima, nadadores-salvadores e entidades camarárias, ou “a alteração da cor do semáforo que regula o acesso à praia em contexto da pandemia de Covid-19”.

Citado no mesmo comunicado, o administrador da Nos, Manuel Ramalho Eanes, sublinha a “ambição” em liderar o caminho para a nova era de comunicações móveis em Portugal. “A partir de agora, Almada encontra-se na vanguarda tecnológica quanto às soluções de proteção e segurança na comunidade em contexto de turismo, um dos setores mais estruturantes da sociedade portuguesa“, acrescenta.

Por seu lado, a presidente da Câmara Municipal de Almada, Inês de Medeiros, afirma que a autarquia “aposta no melhor da inovação e da tecnologia, alicerçadas no valor das parcerias e da colaboração, para proporcionar níveis mais elevados de segurança e bem-estar para os seus cidadãos” e todos aqueles que a visitam.

A Nos garante ainda que esta solução “ganhará funcionalidades mais avançadas” no futuro, tendo perspetivas de “deteção de cenários de afogamento, que desencadearão alertas imediatos”, “a identificação de crianças ou objetos perdidos na praia”, “a monitorização do mar e de outros indicadores meteorológicos através de drones autónomos”, “a deteção de lixo também no mar e a sua limpeza por robôs”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Costa da Caparica vai ser a primeira praia 5G em Portugal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião