Generali duplica lucros para 1 540 milhões até junho

  • ECO Seguros
  • 11 Agosto 2021

Expandindo volume de prémios acima de 5%, o grupo aumentou lucro líquido em 99%. Destacando rentabilidade técnica e solvabilidade, antevê sucesso na conclusão do plano trienal Generali 2021.

O grupo Generali reportou 2,99 mil milhões de euros de resultado operacional no primeiro semestre, melhorando em 10,4% o resultado de atividade desenvolvida em igual período um ano antes (variação homóloga). O desempenho beneficiou da evolução do negócio Vida, gestão de ativos e resultados da Holding (Banca Generali e outros negócios financeiros).

O volume bruto de prémios de seguro aumentou 5,5%, em variação homóloga, alcançando 38,9 mil milhões de euros, crescendo 5,8%, para cerca de 25,8 mil milhões no segmento Vida (Life) e 4,9%, para 12,3 mil milhões de euros no segmento de não Vida (P&C). Life e P&C confirmaram “excelente rentabilidade técnica”, com a margem de novo negócio a crescer, afirma a instituição italiana.

O resultado operacional do negócio Vida aumentou 5,4%, até 1,44 mil milhões de euros, enquanto do segmento P&C desceu 3,6%, em variação homóloga, para 1 256 milhões de euros, uma “excelente contribuição,” qualifica a seguradora indicando estabilidade no rácio combinado nos 89,7% (+0,2 p.p.).

Com este desempenho, mais os ganhos em gestão de ativos e da holding financeira, o resultado líquido do semestre ascendeu aos 1 540 milhões de euros, praticamente a duplicar os 774 milhões de um ano antes e a justificar perspetiva de “atingir os objetivos anuais e concluir com sucesso o plano estratégico Generali 2021”, assume o grupo italiano.

O “notável crescimento” nos primeiros 6 meses do ano “reforçam o posicionamento da Generali como líder europeia, graças à nossa excelência operacional, aceleração da inovação digital e à qualidade da nossa rede de distribuição,” afirmou Phlippe Donnet, CEO.

O grupo terminou o semestre com rácio de solvência “extremamente sólido”, calculado em 231%, (mais 7 p.p. face aos 224% no termo do ano 2020, reforçado por geração de capital, nomeadamente a rentabilidade de subscrição em novos negócios, tanto no negócio Vida, quanto em propriedade e acidentes) explica o comunicado.

O plano trienal ‘Generali 2021’, lançado em novembro de 2018, sob o mote “Leveraging strengths to accelerate growth”, assentava em três pilares estratégicos: crescer com rentabilidade, otimizar gestão financeira e de capital, inovar e otimizar plataformas digitais. A 15 de dezembro, data em realiza o seu Investor Day, a Generali apresentará o seu novo plano estratégico.

Criado em 1831, grupo Generali está presente em 50 países, emprega 72 mil pessoas e serve perto de 66 milhões de clientes. Em Portugal, concluiu em 2020 integração (na Generali Seguros) das empresas e marcas que anteriormente compunham a Seguradoras Unidas.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Generali duplica lucros para 1 540 milhões até junho

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião