Shell vai pagar 95 milhões a comunidades nigerianas por derrames de petróleo

  • Lusa
  • 11 Agosto 2021

A Shell concordou em pagar uma compensação à comunidade, mas manteve que os derrames de petróleo foram causados por terceiros durante a guerra civil da Nigéria

A gigante petrolífera Shell concordou esta quarta-feira pagar 95 milhões de euros a comunidades no sudeste da Nigéria cujas terras foram devastadas por derrames de petróleo na década de 1970, anunciaram advogados das duas partes.

“A ordem de pagar 45,9 mil milhões de nairas [94,9 milhões de euros] aos queixosos é para satisfazer plena e finalmente a sentença”, afirmou a subsidiária nigeriana da Shell, a Shell Petroleum Development Company of Nigeria, numa declaração citada pela agência France-Presse.

O advogado que representa as comunidades Ejama-Ebubu, no estado de Rivers, Lucius Nwosa, confirmou a decisão à AFP. “Esta decisão vem na sequência da determinação desta comunidade em obter justiça”, acrescentou.

A empresa anglo-holandesa Shell concordou em pagar uma compensação à comunidade, mas manteve que os derrames de petróleo foram causados por terceiros durante a guerra civil da Nigéria, entre 1967 e 1970, durante a qual muitos oleodutos e infraestruturas foram danificados.

O Movimento para a Sobrevivência do Povo Ogoni saudou a decisão num comunicado. “Esperamos que este julgamento forneça as bases para enfrentar a injustiça longa e duradoura sofrida pelo povo Ogoni”, apontou o movimento.

Em 2015, a Shell tinha concordado pagar 70 milhões de dólares (63 milhões de euros) em compensações a cerca de 15.500 residentes em Ogoniland e em começar a limpar um derrame de petróleo ocorrido em 2008, embora a empresa tenha sempre mantido que a sabotagem artesanal dos oleodutos pelos habitantes locais era a principal causa de poluição.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Shell vai pagar 95 milhões a comunidades nigerianas por derrames de petróleo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião