70% da população vacinada esta semana permite fim da obrigação de máscara na rua

No final desta semana 70% da população deverá ter a vacinação completa. Ao alcançar esta meta, o país deve avançar já para a segunda fase do desconfinamento, em vez de no início de setembro.

A segunda fase do processo de desconfinamento decidido pelo Governo no final de julho estava prevista para o início de setembro, mas deverá ser antecipado para breve uma vez que Portugal atingirá esta semana a meta de 70% da população totalmente vacinada. Essa é a expectativa do vice-almirante que, a concretizar-se, abrirá a porta ao fim do uso obrigatório de máscara na via pública.

O próprio primeiro-ministro admitiu na conferência de imprensa em que apresentou o plano de três fases de desconfinamento que as datas podiam ser alteradas caso os objetivos fossem atingidos mais rapidamente. É o que deverá a acontecer, dado o elevado ritmo de vacinação em Portugal, com a meta de 70% da população totalmente vacinada a ser antecipada para esta semana.

O coordenador do grupo de trabalho responsável, Henrique Gouveia e Melo, disse ao Público que, ao que tudo indica, “em princípio” Portugal atingirá essa meta “até ao final desta semana”. De acordo com o relatório de vacinação divulgado esta terça-feira pela Direção-Geral de Saúde (DGS), 66% da população portuguesa estava totalmente vacinada até 15 de agosto.

Dado que não há Conselho de Ministros esta semana, a decisão (e a respectiva legislação) do Governo de avançar para a segunda fase poderá só ser tomada na próxima semana, a 26 de agosto (quinta-feira), já perto do início de setembro, altura para que estava previsto avançar esta fase. Mas nada impede o Executivo, atualmente chefiado por Mariana Vieira da Silva uma vez que António Costa (e o seu número dois e número três) está de férias, de fazer um Conselho de Ministros eletrónico antes dessa data.

Uma das principais mudanças da segunda fase do desconfinamento é o fim do uso da máscara na rua, o qual é obrigatório atualmente sempre que não seja possível cumprir o distanciamento físico recomendado. Mas há mais: a lotação dos casamentos e batizados assim como dos espetáculos culturais sobe para 75%, os transportes públicos deixam de ter limites à lotação e deixa de ser necessário marcação prévia para aceder aos serviços públicos.

Se se mantiver o ritmo de vacinação, a terceira fase, que estava prevista para o início de outubro, também poderá ser antecipada caso Portugal atinja mais cedo a meta de ter 85% da população totalmente vacinada. Nessa altura, os bares e discotecas abrem com acesso condicionado ao certificado digital ou teste negativo, os restaurantes ficam sem limite máximo de pessoas por grupo e a lotação dos vários eventos deixam de ter limites.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

70% da população vacinada esta semana permite fim da obrigação de máscara na rua

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião