BRANDS' ECOSEGUROS Os desafios de uma Agência de seguros especializados

  • ECOSeguros + Innovarisk Underwriting
  • 19 Agosto 2021

A generalidade das pessoas sabe o que é um seguro. Mas a resposta já não é assim tão óbvia quando falamos de D&O, Riscos Cibernéticos ou Responsabilidade Ambiental

A vasta generalidade das pessoas conhece bastante bem os seguros de saúde, o seguro obrigatório automóvel ou o seguro da casa devido ao empréstimo habitação. Mas a resposta já não é assim tão óbvia quando falamos, por exemplo, de um seguro de D&O (Directors and Officers) ou de um seguro de responsabilidade civil exploração para indústrias com coberturas de união e mistura e “recall”. Mesmo no mundo da mediação de seguros, onde os profissionais trabalham diariamente com o setor segurador.

Falemos das agências de subscrição e do seu papel. Não são muitas as agências de subscrição que existem em Portugal, na verdade estão inscritas na Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões (ASF) como um mediador ou corretor, embora esse não seja o seu papel de todo. Ainda não existe em Portugal uma figura jurídica que as represente corretamente, nem tão pouco muita informação disponível ao contrário de países como Espanha, Reino Unido e EUA onde já são mais comuns e é mais fácil distingui-las, dispondo em alguns casos da sua própria figura jurídica.

É talvez por isso frequente haver alguma confusão sobre o que fazem estas agências, mesmo entre os mediadores ou corretores que a elas recorrem. A melhor maneira é talvez olhar para elas como uma seguradora, mesmo que não o sejam. As agências de subscrição trabalham regra geral com seguradoras internacionais e têm alguma autonomia de subscrição, isto é, podem aceitar riscos ou decliná-los consoante a análise do subscritor.

As agências de subscrição trabalham com seguros especializados para nichos de mercado que podem incluir seguros patrimoniais para riscos muito específicos, responsabilidade civil profissional, D&O, riscos cibernéticos, responsabilidade ambiental, seguros para eventos, entre outros… Os produtos especializados que têm à disposição podem ter coberturas desenhadas à medida para cada cliente e até a junção de duas soluções numa só apólice, distinguindo-se no mercado segurador devido à especificidade dos seus produtos. Mesmo as soluções mais “standard” que possam ter, não são seguros de massa e não existe um conjunto alargado de pessoas que lide com estes produtos muito frequentemente. Claro que não é fácil conhecer a fundo cada uma destas soluções, ainda mais se não houver necessidade de recorrer às mesmas constantemente mas sim pontualmente. É por isso importante que exista um ponto de contacto que consiga estabelecer a ligação entre o mediador ou corretor e o subscritor de cada área.

Nesse sentido, pode ser um desafio para a agência de subscrição gerir a rede de parceiros com quem trabalha pois, para além da formação nos produtos que deve disponibilizar, é importante ajudar o mediador a perceber junto do cliente qual é o produto mais adequado e desmistificar os conceitos, usar uma linguagem mais direta e menos “segurês”, utilizar casos práticos para exemplificar e no fundo integrar as partes (o cliente e o mediador) na construção da solução mais adequada.

É uma tendência atual e crescente as seguradoras internacionais comercializarem as suas soluções através de empresas especializadas, com uma estrutura capaz de o fazer e que conhecem melhor o mercado local onde se inserem. Os desafios são transversais às agências, internacionalmente, mas é claro que o maior desafio será sempre deixar o cliente final satisfeito.

Mafalda Costa, Gestora de Clientes Innova|GO

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Os desafios de uma Agência de seguros especializados

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião