“Ninguém está a falar de uma terceira dose generalizada”, diz Gouveia e Melo

  • Joana Abrantes Gomes
  • 24 Agosto 2021

"Uma coisa é dar mais uma dose a casos pontuais, como a pessoas imunodeprimidas, outra coisa é dar uma dose generalizada", diz Gouveia e Melo.

O vice-almirante Henrique Gouveia e Melo, coordenador da task force de vacinação contra a Covid-19, diz que ainda não há nenhuma decisão sobre a administração de uma dose de reforço. Mas garante que a discussão não é em torno de “uma terceira dose generalizada”.

Não há nenhuma decisão sobre a terceira dose da vacina. É um assunto que a DGS [Direção-Geral de Saúde] está a tratar. Não há sequer a certeza científica da sua necessidade“, disse Gouveia e Melo, em declarações aos jornalistas na visita ao centro de vacinação de São João da Madeira.

O coordenador da task force sublinhou que uma coisa é dar mais uma dose a casos “pontuais”, como é o caso de pessoas imunodeprimidas ou que estão a fazer um tratamento específico e têm as suas defesas muito baixas, outra coisa é dar uma dose de reforço a toda a população elegível. “Ninguém está a falar de uma terceira dose generalizada”, assinalou.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

“Ninguém está a falar de uma terceira dose generalizada”, diz Gouveia e Melo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião