Estes são os ‘novos’ efeitos secundários das vacinas AstraZeneca e Janssen

Regulador europeu atualizou esta terça-feira a lista de efeitos secundários potencialmente associados às vacinas contra a Covid da AstraZeneca e da Janssen.

A Agência Europeia do Medicamento (EMA, na sigla em inglês) atualizou esta terça-feira a lista de efeitos secundários potencialmente associados às vacinas contra a Covid da AstraZeneca e da Janssen.

O regulador europeu acrescentou a síndrome de Guillain-Barré (GBS) — uma doença inflamatória do sistema nervoso periférico que pode levar à perda temporária de movimentos ou dificuldades em respirar –, como um possível efeito secundário da vacina da AstraZeneca. Em causa estão 833 casos de GBS reportados até 31 de julho em 592 milhões de doses administradas da vacina anglo-sueca em todo o mundo até 25 de julho.

No documento, a entidade liderada por Emer Cooke classifica esta síndrome como um efeito secundário “muito raro” (ocorre em 1 em cada 10.000 de pessoas), ou seja, a menor classificação em termos de reações adversas. Além disso, o regulador europeu sublinha que os benefícios da administração da vacina continuam a superar os riscos.

Esta decisão surge depois de também a Food and Drug Administration ter acrescentado um alerta sobre a síndrome de Guillain-Barré como um possível efeito secundário da vacina da Janssen. Estas duas vacinas usam a mesma tecnologia e já tinham sido associadas à formação de coágulos sanguíneos raros.

Recorde-se que no último relatório de reações adversas, o Infarmed notificou um caso confirmado de Síndrome de Guillain-Barré, associado à vacina da Janssen, quatro casos considerados “prováveis” (dois potencialmente associados à vacina Janssen e outros dois à Vaxzevria) e outros dois casos considerados “possíveis” (Janssen).

Além disso, a EMA identificou ainda alguns outros efeitos secundários menos graves potencialmente associados à vacina da Janssen, como gânglios linfáticos inchados, sensação incomum ou diminuída na pele, zumbido, diarreia e vómitos.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Estes são os ‘novos’ efeitos secundários das vacinas AstraZeneca e Janssen

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião