Lisboa recupera das perdas com BCP e EDP a dispararem até 4%

Bolsa recupera ao fim de seis sessões consecutivas de perdas. BCP e família EDP puxam pelo índice, com ganhos entre os 2% e os 4%.

Ao fim de seis sessões consecutivas de perdas, a bolsa de Lisboa fechou a primeira sessão desta semana em terreno positivo, com apenas uma cotada no vermelho. A dar força ao índice esteve o BCP, cujos títulos dispararam mais de 4%, mas também as ações da família EDP, que valorizam cerca de 3%.

O PSI-20 cresceu 1,79% para 5.401,67 pontos, recuperando das perdas registadas na semana passada. Das 18 cotadas nacionais, a Novabase foi a única a encerrar em terreno negativo, ao perder 0,41% para 4,88 euros.

A dar impulso ao índice de referência nacional esteve o BCP, que disparou 4,14% para 0,1309 euros, mas também as cotadas do setor energético. A EDP avançou 3,36% para 4,826 euros, enquanto a EDP Renováveis subiu 2,37% para 22,46 euros. Este desempenho da Renováveis acontece no dia em que a empresa anunciou o reforço da relação com a cadeia norte-americana Walmart, através de mais 39 projetos de energia solar.

Destaque ainda para a Galp Energia que ganhou 1,35% para 8,364 euros, no dia em que o preço do barril de petróleo está a valorizar nos mercados internacionais. O Brent ganha 0,81% para 73,51 dólares, enquanto o WTI valoriza 1,12% para 70,50 dólares.

Ainda nos “pesos pesados” da bolsa nacional, destaque para a Jerónimo Martins que subiu 0,48% para 17,765 euros, enquanto a Sonae valorizou 1,08% para 0,89 euros.

Lisboa acompanhou, assim, a tendência positivo do resto das praças europeias, num dia em que o índice de referência europeu, Stoxx-600, valorizou 0,29% para 467,70 pontos.

(Notícia atualizada às 17h com mais informação)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Lisboa recupera das perdas com BCP e EDP a dispararem até 4%

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião