Situação financeira do país “não é confortável”, diz presidente do CFP

  • ECO
  • 28 Setembro 2021

A menos de duas semanas da entrega do Orçamento do Estado na Assembleia da República, a presidente do Conselho de Finanças Públicas alerta: Situação financeira do país "não é confortável".

A presidente do Conselho das Finanças Públicas, Nazaré da Costa Cabral, avisa que a situação financeira de Portugal “não é confortável”, referindo-se especificamente à dívida pública. Este alerta é deixado a menos de duas semanas da entrega do Orçamento do Estado no Parlamento, em entrevista ao Público (acesso condicionado).

“Há aqui um ponto que não podemos esquecer, que é o de que a nossa situação financeira não é uma situação confortável. Aqui, falo da situação da dívida pública”, sublinha a responsável, que acrescenta que, nos últimos anos, o assunto foi tratado “com cuidado” pelo Executivo de António Costa.

Em entrevista, Nazaré da Costa Cabral apela, por outro lado, a um debate sobre estratégia de consolidação orçamental e salienta que a política orçamental nacional vai ter no Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) um “almoço grátis”, que permitirá aumentar a despesa sem uma imediata expressão orçamental.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Situação financeira do país “não é confortável”, diz presidente do CFP

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião