Fintech Solutions desafia banca e seguros a acelerarem ligação às start-ups

  • ECO Seguros
  • 5 Outubro 2021

A Portugal Fintech criou uma nova área dedicada exclusivamente à concretização de provas de conceito e ao matching entre empresas maduras e startups financeiras, como são as insurtechs.

Fintech Solutions é a nova Direção de consultoria da Portugal Fintech para apoiar instituições maduras a interagir e trabalhar com startups. Marcando o seu arranque, a Fintech Solutions vai apresentar um primeiro estudo que reúne a visão de dezenas de organizações sobre boas práticas de cooperação em processos críticos como testagem e matching.

António Ferrão (Fintech Solutions): Acelerar inovação implica “enfrentar os desafios de trabalhar com start-ups”

Com base operacional na Fintech House (FH), hub lisboeta onde residem start-ups de vocação financeira, a Fintech Solutions ergueu-se como resultado da experiência acumulada em projetos concretizados com entidades como a Microsoft, Banco CTT, BBVA, Fidelidade e CGD, Novo Banco e Unicre. Funcionando como um guia de campo às organizações mais maduras para encontrarem parcerias adequadas às suas necessidades e as que melhor sirvam a jornada do cliente, a Fintech Solutions assume ambição de diferenciar-se no suporte à execução de provas de conceito e ligação organizacional.

Focada em aproximar o setor financeiro do ecossistema de inovação tecnológica, “a criação da Fintech Solutions foi um passo natural no crescimento da Portugal Fintech. A seguir ao lançamento do primeiro espaço [Fintech House] 100% dedicado a startups fintech, agora queremos apoiar as instituições financeiras e não financeiras a trabalhar com o ecossistema fintech.,” afirma João Freire de Andrade, Presidente da Portugal Fintech Association.

O lançamento oficial da nova área de consultoria acontecerá num evento com representantes da banca e seguros e empreendedores dos verticais fintech. No encontro, agendado para dia 7 de outubro, serão debatidas as motivações de colaboração e a forma como o processo de aproximação “pode ser otimizado” para potenciar uma “cultura de inovação dentro das próprias instituições”.

Acelerar inovação implica “enfrentar os desafios de trabalhar com start-ups”

O evento inclui o lançamento do estudo Streamlining Innovation with Fintechs (“Como otimizar Inovação com Fintechs”), um trabalho que reúne experiências de mais de 80 instituições e startups, identificando as melhores práticas de cooperação, definição de necessidades para melhorar a experiência digital dos clientes, realizar PoC e avaliar os respetivos resultados.

Fonte da non-profit portuguesa assegura que o relatório vinca “duas grandes mensagens:” Em primeiro, a importância de abrir as organizações ao ecossistema fintech, criando canais de comunicação próximos e, em segundo lugar, a capacidade de desenvolver provas de conceito (PoC) como componente determinante para inovar com valor, propondo um benchmarking metodológico para estruturação de processos de testagem com startups.

“O estudo dá oportunidade às organizações de avaliaram a forma como estão a trabalhar com startups e onde podem melhorar”, adiantou António Ferrão, Diretor da Fintech Solutions. Colaborar com startups é crítico para acelerar a inovação, “mas para isso é necessário ir para lá dos temas de comunicação e enfrentar os desafios de trabalhar com start-ups,” salientou o consultor.

Entre outros casos que passaram da teoria à prática, a equipa de consultoria da Portugal Fintech colaborou no programa Fintech 365 (Microsoft), participou no matchmaking que ajudou a CGD a acompanhar provas de conceito de inovações com interesse para a Dabox, app de gestão pessoal implementada pela Caixa e, ainda, no âmbito de um programa para o desenvolvimento do setor financeiro moçambicano (Deepening Mozambique), a Fintech Solutions apoiou a iniciação de três pré-seeds (projetos ‘embrião’) na abordagem a investidores.

Pode fazer aqui o registo para aceder ao relatório da Fintech Solutions.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Fintech Solutions desafia banca e seguros a acelerarem ligação às start-ups

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião