Armin Laschet de saída da liderança do partido conservador de Merkel

  • Joana Abrantes Gomes
  • 7 Outubro 2021

O candidato da CDU, derrotado nas legislativas, sinalizou junto do grupo parlamentar que irá pedir a demissão da liderança do partido conservador.

Apenas 11 dias após obter o pior resultado de sempre para a União Democrata-Cristã (CDU) nas eleições para o Bundestag (parlamento alemão), o líder do partido de centro-direita da Alemanha, Armin Laschet, prepara-se para renunciar ao cargo, avança esta quinta-feira a NTV.

O SPD, liderado por Olaf Scholz, saiu vencedor das eleições parlamentares com uma ligeira vantagem (25,7% dos votos) sobre a CDU e a União Social-Cristã (CSU, a sua congénere bávara), a coligação em que Armin Laschet concorria a chanceler, que ficou em segundo lugar com 24,1% dos votos.

Desde a votação de 26 de setembro, Laschet tem vindo a ser pressionado para se demitir da liderança da CDU, uma renúncia que agora parece inevitável visto o SPD ter iniciado negociações esta quinta-feira com os Verdes e os Liberais Democratas (FDP) – terceiro e quarto partidos mais votados, respetivamente -, com vista a formar o primeiro Governo de coligação tripartida do país desde a década de 1950.

Os deputados da CDU disseram esta quinta-feira que Laschet tinha indicado, numa reunião por telefone com o grupo parlamentar do partido, que estava preparado para se demitir, embora quisesse conduzir o processo de encontrar um sucessor. A imprensa alemã está a avançar que poderá realizar-se um congresso do partido para escolher um novo líder já em dezembro.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Armin Laschet de saída da liderança do partido conservador de Merkel

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião