Autocarro é alternativa à ligação fluvial Montijo-Lisboa

A solução entra em vigor a partir desta sexta-feira e “durará enquanto as supressões de serviço se mantiverem”, de acordo com o ministério de Matos Fernandes.

O Ministério do Ambiente e da Ação Climática anunciou esta sexta-feira que, enquanto se mantiverem os constrangimentos operacionais na ligação fluvial entre o Montijo e Lisboa, irá avançar uma solução alternativa com recurso a autocarros.

“Os detentores de passagens válidas poderão, no caso de supressão da ligação, usar um serviço rodoviário dedicado, que fará a ligação ao terminal do Barreiro. A partir deste terminal, podem usar a ligação fluvial entre esta cidade e Lisboa”, informa a tutela através de comunicado.

A solução entra em vigor a partir desta sexta-feira e “durará enquanto as supressões de serviço se mantiverem”, acrescenta o Ministério tutelado por João Pedro Matos Fernandes, garantindo que “continua a procurar uma solução definitiva para os constrangimentos operacionais que afetam as ligações fluviais na área metropolitana de Lisboa”.

A Transtejo assegura as ligações fluviais entre o Seixal, Montijo, Cacilhas e Trafaria/Porto Brandão, no distrito de Setúbal, e Lisboa, enquanto a Soflusa é responsável por ligar o Barreiro à capital. Nos últimos meses, os trabalhadores das duas empresas já fizeram várias greves parciais devido a falhas nas negociações salariais entre a administração da empresa e os sindicatos.

Depois de várias supressões ao longo desta semana, que levaram inclusive o ministro a falar de uma situação “absolutamente inaceitável”, para este fim de semana, a Transtejo/Soflusa já informou que, “por motivo de falta de recursos humanos operacionais não é possível garantir a realização de todas as carreiras previstas”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Autocarro é alternativa à ligação fluvial Montijo-Lisboa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião