Banco de Portugal rejeita proposta do IIBG para comprar Efisa e Banco Português de Gestão

  • ECO
  • 22 Outubro 2021

Banco de Portugal avisou os árabes do IIBG que não estão reunidas as condições de aprovação da compra do BPG e Efisa. Processo cai por terra ao fim de dois anos.

O Banco de Portugal (BdP) considera que não estão reunidas as condições para aprovar a compra da participação qualificada nos bancos Efisa e Banco Português de Gestão (BPG) pelo IIBG Holdings. De acordo com o Jornal Económico (acesso pago), os árabes foram notificados há cerca de uma semana e a Fundação Oriente continua a querer alienar o BPG, já tendo, aliás, novos interessados.

Depois de as Finanças terem dado “luz verde” a esta operação, em fevereiro de 2019, o IIBG enviou o pedido de compra ao BdP, que por sua vez o reencaminharia para o Banco Central de Europeu (BCE), que teria a palavra final. A decisão do BCE é sempre tomada com base na avaliação da proposta de aquisição, mas também no projeto de decisão do BdP, e este considerou não ser um negócio viável.

Uma vez notificados, o IIBG deverá retirar em breve ambas as propostas, caindo, assim, por terra, uma operação que seria fechada por cerca de 27 milhões de euros. Agora, pode voltar para cima da mesa o cenário de a Parparticipadas colocar um ponto final no processo e o Efisa ir para liquidação, mas a decisão caberá ao Ministério das Finanças. Já a Fundação Oriente continua a querer vender o BPG e já tem interessados.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Banco de Portugal rejeita proposta do IIBG para comprar Efisa e Banco Português de Gestão

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião