BRANDS' ECO Solvência II: UE quer flexibilizar medidas para seguradoras

  • BRANDS' ECO
  • 26 Outubro 2021

A União Europeia quer baixar os requisitos da Solvência II para as seguradoras. O objetivo é liberar recursos para fornecer mais seguros às empresas e aumentar a atividade económica.

A Solvência II é uma diretiva da União Europeia, em vigor desde 2016, que visa manter a estabilidade do sistema financeiro, mas, para isso, obriga as seguradoras a aumentarem o seu capital de forma a garantir que, a todo o momento, estejam resguardadas contra qualquer risco frente às apólices emitidas.

Apesar de ajudar na estabilidade, o requisito de aumento de capital para as seguradoras constitui uma limitação, uma vez que retira recursos do mercado. Assim, para ajudar a combater isso, Bruxelas está a elaborar um plano que visa flexibilizar alguns dos requisitos da Solvência II e facilitar às seguradoras a emissão de mais garantias.

Com a flexibilização dos requisitos de capital, as seguradoras poderiam emitir mais apólices com prémios previsivelmente mais baixos para os seus clientes. Isto ajudaria a atividade empresarial, incluindo a participação em mais concursos, com a finalidade de evitar uma possível estagnação da economia da UE.

Neste âmbito, os seguros de caução destacam-se dentro das opções disponíveis, já que não comprometem recursos financeiros e oferecem às empresas a possibilidade de participarem em mais concursos, o que possibilita o aumento do seu volume de negócios.

A longo prazo, as mudanças planeadas pela UE, com implementação gradual, libertariam cerca de 120 mil milhões de euros para dois objetivos principais: assegurar que a Europa lidere o caminho em direção a uma economia mais verde e que os seus mercados se recuperem o mais rápido possível da Covid-19.

Nesse sentido, os fundos europeus Next Generation vão disponibilizar 30 mil milhões de euros a Portugal, precisamente para serem investidos nas áreas de infraestruturas e transição energética. As empresas que queiram aproveitar esta oportunidade devem contar com um broker internacional de confiança para as ajudar no processo.

A Sammy Free, sendo um broker wholesale que atua em 27 países do EEE e focada unicamente no ramo dos seguros de caução para empresas, está apta para ajudar as companhias interessadas e garantir a sua participação num número maior de concursos, cumprindo os prazos estabelecidos.

Ao substituir garantias bancárias por seguros de caução, a Sammy Free pode auxiliar as empresas a reduzir o seu risco bancário, a aumentar a sua tesouraria, e, consequentemente, a incrementar a sua solvência.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Solvência II: UE quer flexibilizar medidas para seguradoras

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião