OutSystems lança plataforma com ferramentas da elite tecnológica

O unicórnio português anunciou hoje uma nova plataforma de desenvolvimento de software, que permite às empresas acelerarem a produção de aplicações e aumentarem a escalabilidade.

A OutSystems anunciou hoje o lançamento de uma nova plataforma de desenvolvimento de software, que promete pôr à disposição dos developers as ferramentas e o tempo de produção das tecnológicas de elite. O Projet Neo, como se chama a plataforma internamente, será disponibilizado para experimentação ainda este ano, mas o lançamento oficial só ocorrerá em 2022, em data ainda por definir.

O anúncio foi feito pelo CEO, Paulo Rosado, durante o evento NextStep. O líder de mercado no desenvolvimento de software low-code, criou uma plataforma que nas palavras do fundador “permite a qualquer equipa de desenvolvimento construir qualquer aplicação à escala da internet”. Em vez de estarem “atolados numa complexidade que sufoca as suas capacidades para inovar e diferenciar”, os developers poderão ter acesso a ferramentas que “fomentam a criatividade” e proporcionam “uma elevada vantagem competitiva”, afirmou.

“As empresas que ganham no mercado têm elementos diferenciadores que vêm das plataformas que conseguem criar e sobre as quais construem as suas soluções”, de forma muito mais ágil e rápida, explica ao ECO Gonçalo Gaiolas, vice-presidente de Product Management da OutSystems. E cita os exemplos da Netflix, do Facebook ou das fintechs e insuretechs, “em que toda a arquitetura já é feita na cloud“.

Para as restantes empresas o desafio é muito maior, porque não há developers disponíveis e orçamento para para contratar talento, além de que o código é hoje 100 vezes mais complexo. “O Projet Neo nasce das observações dos nossos clientes, que queriam fazer mais soluções à escala global, à escala da internet”, conta. Daí a criação de uma plataforma inteiramente nova, que permite “levar o low-code para territórios que não existiam hoje, dando grande produtividade aos developers, permitido maior agilidade e capacidade de escalar as soluções”.

Segundo o comunicado da OutSystems, o Projet Neo permite lidar com os aspetos críticos, mas indiferenciados, do desenvolvimento: “automatiza os processos de DevOps, gere um cloud runtime avançado , documenta automaticamente o código, resolve dependências de código, realiza testes de regressão, aplica standards de arquitetura, adiciona continuamente novos recursos da plataforma e mantém todo o sistema atualizado ao minuto”.

Possibilita ainda que os developers “façam alterações críticas em aplicações em horas, em vez de dias ou semanas, incluindo várias alterações críticas a cada dia sem aumentar a dívida técnica” e o “auto-scaling de aplicações para o consumidor e para B2B em grandes picos de procura”. A empresa promete ainda a atualização automática com as tecnologias cloud mais recentes sem afetar as aplicações já em produção.

Os interessados podem inscrever-se para uma versão de teste que começará a ser disponibilizada nas próximas semanas. Após a fase de testes, o produto será lançado “algures em 2022”, refere Gonçalo Gaiolas.

Ainda que a nova plataforma possa a prazo tornar-se dominante, o produto bandeira da empresa fundada em 2001, o OutSystems 11, vai manter-se no mercado. “Vamos continuar a suportar e a fazer evoluir o nosso produto atual”, garante o vice-presidente de Product Management. Até porque, ao contrário deste, o Project Neo só funcionará na cloud.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

OutSystems lança plataforma com ferramentas da elite tecnológica

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião