Simulador: Quanto as seguradoras vão pagar para reconstruir a sua casa

  • ECO Seguros
  • 16 Novembro 2021

É o segurado que diz quanto custa reconstruir a habitação que quer proteger, mas convém acertar para não ser vítima da regra proporcional. Simule aqui e fique já a saber o valor a dar às seguradoras.

O Simulador do Custo de Reconstrução de Imóveis (SCRIM) foi agora lançado pela APS – Associação Portuguesa de Seguradores e vai permitir que qualquer pessoa possa saber logo quanto custa reconstruir a sua casa em caso de sinistro total. É esse o valor que deve indicar como capital a segurar nas apólices de seguros de Incêndio e Elementos da Natureza e de Multirriscos de habitação.

Indicando características de uma habitação, o SCRIM permite encontrar de imediato o valor e evitar os riscos de ser vítima da regra proporcional que pode causar novas surpresas desagradáveis após os momentos negativos do próprio sinistro.

O Supervisor ASF explica que a “a regra proporcional aplica-se quando o capital seguro é inferior ao custo de reconstrução (no caso de edifícios) ou ao custo de substituição por novo (no caso de mobiliário e recheio). Nesta situação, o segurador só paga uma parte dos prejuízos, proporcional à relação entre o custo de reconstrução ou substituição à data do sinistro e o capital seguro. Se se verificar o oposto e o capital seguro for superior ao valor de reconstrução ou de substituição, a indemnização paga pelo segurador terá como limite máximo o valor de reconstrução ou de substituição.

Por este motivo, embora exista a tentação de declarar um valor inferior para reduzir o prémio de seguro, o risco de ter surpresas é elevado. A ASF adianta um exemplo: Se um edifício ou habitação tiver um custo de reconstrução de 100 mil euros e estiver seguro por 80 mil euros, o segurador será responsável apenas por 80% dos prejuízos, ficando os restantes 20% a cargo do segurado. Assim, se ocorresse um sinistro parcial que causasse danos de 50 mil, o segurador apenas indemnizaria 40 mil euros (80% de 50 mil), suportando o segurado os restantes 10 mil euros.

Simulador da APS ajuda a encontrar o valor certo

Explica a APS que nos seguros de Incêndio e Elementos da Natureza e de Multirriscos, a determinação do capital seguro é da responsabilidade do tomador do seguro, devendo, no caso dos edifícios, corresponder ao custo de mercado da respetiva reconstrução, tendo em conta o tipo de construção ou outros fatores que possam influenciar esse custo. Atenção que o valor de reconstrução não inclui o valor do terreno onde está implantado.

Assim, o SCRIM calcula o custo indicativo de reconstrução do imóvel partindo do valor da área bruta indicada pelo utilizador e do valor atual do custo padrão por metro quadrado de um apartamento ou moradia de qualidade média aplicando-lhe um conjunto de coeficientes majorantes ou minorantes que traduzem a influência de outros parâmetros característicos da qualidade, localização e arquitetura do imóvel, introduzidos pelo utilizador.

Com valores atualizados para 2021, o simulador contém um inquérito simples de preencher em que se pergunta se o imóvel a avaliar pelo custo de reconstrução é apartamento ou moradia, qual a região de Portugal onde se localiza, o tipo de estrutura de que dispõe, classe energética, área bruta, número de instalações sanitárias prevendo ainda a possibilidade de colocar extras como piscina, estacionamentos ou muros.

Tendo em consideração todos os pressupostos e exceções, no mesmo momento pode obter o custo estimado de reconstrução da sua casa, um valor muito aproximado ao valor útil para fixar o capital a proteger pelas seguradoras e não correr o risco de más surpresas via regra proporcional.

Simule aqui .

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Simulador: Quanto as seguradoras vão pagar para reconstruir a sua casa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião