Wall Street continua a recuperar da volatilidade da Ómicron

Após uma sessão de recuperação, os principais índices norte-americanos continuam em terreno positivo. Os dados do emprego falharam as expectativas, mas abrandam sinais da Fed.

Os principais índices norte-americanos abriram em alta esta sexta-feira, depois de os números do crescimento do emprego nos Estados Unidos terem sido mais fracos do que o esperado, o que acalmou alguns investidores preocupados com um mais rápido aperto monetário por parte da Reserva Federal.

O Dow Jones sobe 0,24%, para 34.722,03 pontos; o Nasdaq avança 0,13%, para 15.401,78 pontos; e o S&P 500 soma 0,37%, para 4.594,05 pontos.

O número de postos de trabalho aumentou em 210 mil em novembro — abaixo dos 550 mil empregados esperados pelos economistas —, de acordo com os dados do Departamento do Trabalho norte-americano. A taxa de desemprego diminuiu para 4,2%, o valor mais baixo desde fevereiro de 2020. Os salários também aumentaram.

Os números são obviamente uma grande deceção e o mercado está a valorizar, porque está a antecipar agora que a Fed não pode ser tão rápida [na retirada de estímulos monetários introduzidos durante a pandemia]“, considera o analista da Hill Capital, Thomas Hayes, citado pela Reuters.

No início desta semana o presidente da Fed, Jerome Powell, disse que o banco central está a considerar tomar decisões na próxima reunião para uma retirada mais rápida dos estímulos, o que poderá abrir a porta a uma subida dos juros diretores mais cedo do que o antecipado anteriormente.

Além da especulação sobre a política monetária por causa da aceleração da taxa de inflação, os mercados financeiros continuam a digerir as atualizações sobre a evolução da nova variante Ómicron, a qual já levou alguns países a reimpor restrições nas viagens internacionais.

Apesar de terem recuperado na sessão anterior e de estarem a subir esta sexta-feira, os três principais índices norte-americanos caminham para o fim de uma semana de perdas, com o índice que mede a volatilidade (VIX) a ter disparado para lá dos 30 pontos pela primeira vez em dez meses.

Fora do radar dos investidores está a preocupação recorrente com o financiamento da dívida norte-americana. O Senado, controlado pelos democratas, passou uma lei para financiar o Governo até meio de fevereiro, evitando o risco de um shutdown e o potencial incumprimento das responsabilidades financeiras do Estado.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Wall Street continua a recuperar da volatilidade da Ómicron

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião