“Vamos Falar Seguro” é novo projeto de literacia da ASF

  • ECO Seguros
  • 6 Dezembro 2021

Conteúdos digitais com objetivo de apoiar o consumidor na compreensão dos produtos e serviços do setor segurador e fundos de pensões são apostas da Autoridade de Supervisão.

Lucélia Fernandes do Departamento de Supervisão Comportamental da ASF explica o seguro de saúde no primeiro episódio.

A Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões (ASF) iniciou a série “Vamos Falar Seguro”, um projeto de comunicação com o consumidor, “focado na disponibilização de conteúdos em formatos mais apelativos e que pretendem reforçar a acessibilidade e compreensão e transparência da informação disponibilizada”, afirma o organismo.

O novo programa de formação financeira tem objetivo de “apoiar o consumidor na compreensão dos produtos e serviços do setor segurador e do setor dos fundos de pensões,” propõe a autoridade adiantando que os conteúdos estarão disponíveis nas diferentes plataformas digitais da ASF, com periodicidade de 15 dias, sendo complementados através de um conjunto de outros materiais de formação financeira.

A primeira fase do projeto inclui 10 vídeos informativos, com a marca Vamos Falar Seguro, “nos quais se discutem questões de natureza muito prática e se respondem a algumas das dúvidas mais frequentemente apresentadas pelos consumidores” em diferentes matérias, tais como o “seguro de saúde, o sinistro automóvel, o seguro de vida associado ao crédito à habitação, a contratação de seguros através de canais digitais e o procedimento de apresentação de uma reclamação”.

O primeiro episódio da série de formação, dedicado ao tópico “O seguro de saúde explicado,” acessível no Portal do Consumidor da ASF tem a contribuição de Lucélia Fernandes, do Departamento de Supervisão Comportamental da ASF, explicando conceito, coberturas e outros aspetos associados a estes contratos de seguro. Nas próximas semanas serão disponibilizados os episódios “Tive um acidente automóvel. E agora?”, “Vou comprar casa. E o seguro de vida?”, “Contratação de seguros através de canais digitais” e “Como apresentar uma reclamação”.

Segundo acrescenta nota informativa do organismo de Supervisão, o desenvolvimento de iniciativas de formação financeira através de canais digitais pretende não só “melhorar o acesso do consumidor à informação, aumentando o seu alcance e eficácia, como também tornar os conteúdos mais inclusivos e disponíveis a um maior número de pessoas”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

“Vamos Falar Seguro” é novo projeto de literacia da ASF

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião