EID ganha contrato de 8,5 milhões de euros com Exército para sistema de comunicações

  • Lusa
  • 9 Dezembro 2021

Empresa portuguesa de comunicações (EID) revelou que vai fornecer um sistema de última geração às forças de infantaria do Exército Português no valor de 8,5 milhões de euros.

A empresa portuguesa de comunicações de defesa (EID) revelou esta quinta-feira que ganhou um contrato do Exército Português no valor de 8,5 milhões de euros para fornecimento de um sistema de última geração destinado às forças de infantaria.

O sistema, chamado “Soldado do Futuro”, com desenvolvimento e produção em Portugal, abrange “uma gama completa de equipamentos de comunicação de voz e dados de alta tecnologia”, incluindo “rádios pessoais e de secção, terminais de dados e um integrador de dados e energia”, explica a EID em comunicado, sendo que, adicionalmente, pode integrar outros sensores externos que fazem parte do equipamento dos soldados.

E prossegue: “Completamente digitalizado, o seu sistema modular permite flexibilidade operacional e pode ser adaptado a situações e missões variadas, requisitos de todos os escalões de infantaria, permitindo a transmissão de voz e dados de forma segura e resiliente”.

Este sistema será ainda “totalmente compatível” com outros equipamentos de comunicações já em serviço no Exército Português, prevendo capacidade evolutiva futura, lê-se no comunicado.

A EID refere ainda que, através do terminal de dados, o sistema permite a “troca de dados em tempo real” entre os diferentes soldados da infantaria, o “veículo da secção” e “outras redes relevantes”, vitais para o conhecimento da situação no terreno.

Assim, com o “Soldado do Futuro” será possível trocar mensagens durante as missões e saber o posicionamento em tempo real de cada soldado no terreno.

Trata-se de um passo importante no processo de modernização do Exército Português, um “Exército focado e comprometido em ser credível, moderno e atrativo, com grande prontidão e competência”, salienta a empresa.

O presidente executivo da EID, Frederico Lemos, realçou que a empresa está “muito orgulhosa” com a conquista deste contrato com o Exército Português, após um “processo tão competitivo”.

“Esta solução de comunicações integradas irá aumentar significativamente a consciência situacional do soldado no terreno e proporcionar um maior comando e controlo às unidades do Exército, não só melhorando o seu desempenho, como a sua proteção”, disse o gestor.

Considerou ainda que equipar o Exército Português com este sistema de infantaria de última geração é um “marco importante”.

A EID faz parte da Cohort plc desde 2016, é uma empresa de tecnologia militar que tem a sua sede em Portugal e possui um vasto know-how e experiência nas áreas da eletrónica, comunicações e ‘comando & controlo’.

Além disso, a empresa está focada no ‘design’, fabrico e fornecimento de equipamentos e sistemas avançados e de alto desempenho para a comunidade de defesa mundial.

A EID está ativa em vários países a nível mundial, com clientes na Europa, África, América do Sul, Médio Oriente e na região da Ásia-Pacífico.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

EID ganha contrato de 8,5 milhões de euros com Exército para sistema de comunicações

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião