Vulcão de La Palma: Perdas seguradas já ultrapassam 62,5 milhões de euros

  • ECO Seguros
  • 15 Dezembro 2021

Do desembolso já efetuado pelo Consórcio de Compensación espanhol, cerca de 55,7 milhões de euros pagaram danos/perdas causadas pelo erupção do 'Cumbre Vieja' em mais de 300 habitações.

O Consórcio de Compensación de Seguros (CCS) já transferiu 62,5 milhões de euros para indemnizar os segurados por perdas em mais de 319 habitações, mais de 50 veículos automóveis e dezenas de instalações comerciais e industriais destruídos pela erupção do vulcão na ilha espanhola de La Palma, nas Canárias.

Do total indemnizado pelo consórcio que em Espanha cobre riscos extraordinários, cerca de 55,65 milhões de euros correspondem a danos/perdas seguradas em 319 edifícios residenciais, 6,16 milhões foram pagos a segurados que comprovaram danos em 31 estabelecimentos comerciais, escritórios e hotelaria. Ainda, danos em 5 instalações de uso industrial representaram desembolso de 415,13 mil euros e outros 270 mil euros indemnizaram perdas seguradas a um conjunto de 57 veículos automóveis.

Até 9 de dezembro, com o vulcão a completar 80 dias de erupção, o CCS recebeu 2 603 pedidos de compensação, compreendendo 2 135 habitações, 204 veículos automóveis, 246 estabelecimentos comerciais, escritórios e de alojamento, mais 18 de uso industrial. Do total de solicitações recebidas (53% chegaram ao CCS através da página de internet do Consórcio e em maioria foram endereçadas por seguradoras), 412 já foram pagas e 70 foram rejeitadas, por motivos diversos.

Entre as localidades mais afetadas pelo evento natural, Llos Llanos de Aridane originou o maior número de participações/solicitações de compensação, com um total de 1 614, seguindo-se El Paso, com 468, Tazacorte (133) e Santa Cruz de La Palma (101).

Félix Bolaños, ministro da Presidência, Relações com as Cortes e Memória Democrática, reiterou compromisso do governo espanhol com a recuperação de La Palma, estimando que o Executivo já disponibilizou 130 milhões de euros mobilizados para auxílio às pessoas da ilha, antecipando que o montante destinado a La Palma se eleve aos 240 milhões no final do ano.

O governante referiu ainda que, através do Consórcio de Compensación de Seguros (CCS), entidade tutelada pelo ministério da Economia espanhola, o valor pago pelo CCS aos afetados pela erupção do Cumbre Vieja deverá alcançar 90 milhões no final do ano, estimou.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Vulcão de La Palma: Perdas seguradas já ultrapassam 62,5 milhões de euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião