Liberty faz testes de impacto emocional para campanha de Natal

  • ECO Seguros
  • 16 Dezembro 2021

A seguradora apurou resultados de uma experiência neuropsicológica envolvendo pessoas de países europeus para sintetizar a sua campanha de Natal.

A Liberty Seguros, em parceria com a Bitbrain, especialista em neurotecnologia, convidou pessoas de diferentes países europeus, incluindo Portugal, para um exercício de bem-estar emocional, pesando gestos de afeto e presentes materiais.

Através dos resultados da experiência neuropsicológica, a seguradora sustenta que “uma mensagem de afeto aumenta o impacto emocional em 50%, o compromisso em 58% e atração em 53%, em comparação com um presente material.”

Trabalhamos para que as pessoas se sintam seguras e incluídas e não há melhor maneira de o demonstrar do que iniciando uma cadeia de mensagens de afeto e carinho. Temos que colocar em primeiro plano o que importa, os sentimentos que temos uns pelos outros, verbalizar as nossas emoções e deixar em segundo plano os presentes materiais,” assinalou Santos Suárez, Diretor de Comunicação, Reputação Corporativa e Sustentabilidade da Liberty Europa.

A Liberty confia na tecnologia e, no atual contexto caracterizado pela incerteza, usou inovação e tecnologia para construir a sua campanha de Natal e promover o bem-estar emocional.

“Se há uma coisa que os seres humanos não podem suportar, é a incerteza”

Três grupos de familiares e amigos, um de cada um dos países em que a empresa opera no mercado europeu (Portugal, Espanha e Irlanda), foram submetidos a esta experiência levada a cabo pela Bitbrain. Cada um dos membros de cada grupo deu ao seu parceiro um presente material e uma carta emotiva, enquanto o impacto emocional de cada presente era analisado.

Para o exercício prático foram utilizadas duas ferramentas: um eletroencefalograma (EEG), que fornece informações sobre a atividade cerebral, e um galvanómetro, que avalia a resposta galvânica ou a transpiração da pele, com as quais a empresa foi capaz de analisar objetivamente as emoções reais sentidas pelos participantes na experiência.

O exercício mostrou que o “momento em que receberam esta mensagem de afeto, em comparação com o momento em que receberam um presente material, aumentou em mais de 50% o impacto emocional, o grau de surpresa causado pela experiência; em 58% o sentido de compromisso, o grau de ligação pessoal; e em 53% o grau de atração”.

Comentando os resultados da experiência Maria López, CEO da Bitbrain afirmou: “Os dados são muito conclusivos e mostram também como os participantes sentem frustração e desilusão quando abrem presentes materiais, algo que não acontece quando nos dão essa mensagem de afeto, capaz de manter, e mesmo aumentar, o impacto emocional imediato.”

O projeto teve contribuição de Ciara Molina, psicóloga especializada em Gestão Emocional e Crescimento, que acompanhou os participantes no processo. “Se há uma coisa que os seres humanos não podem suportar, é a incerteza. É o contacto com os nossos mais queridos que nos ajuda a resolver todo esse desconforto emocional, demonstrando que o melhor presente que se pode dar aos outros é o amor”, explicou a psicóloga.

 

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Liberty faz testes de impacto emocional para campanha de Natal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião