Investimento direto estrangeiro duplica valor do melhor ano de sempre

  • ECO
  • 31 Dezembro 2021

A AICEP captou 2,7 mil milhões de euros em investimento estrangeiro direto em Portugal em 2021. O recorde inclui o maior projeto contratualizado na década, de 657 milhões de euros, com a Repsol.

O secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias considera que 2021 foi um “ano fantástico, o melhor em investimento contratualizado desde a criação da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP), seja em investimento industrial, seja em investimento direto estrangeiro”, avança o Diário de Notícias.

Até ao final do ano, a AICEP terá captado 2,7 mil milhões de euros em Investimento Direto Estrangeiro em Portugal. Isto significa que o investimento contratado pela AICEP superará em 229% o recorde de 2019, com três dos últimos quatro anos a quebrarem barreiras no investimento apoiado, sempre acima de mil milhões.

Eurico Brilhante Dias justifica os números alcançados em plena pandemia com a combinação de vários fatores, a começar pela existência de muitos projetos em pipeline que foram contratualizados positivamente — incluindo o recorde da década, os 657 milhões investidos pela Repsol para ampliação do Complexo Industrial de Sines.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Investimento direto estrangeiro duplica valor do melhor ano de sempre

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião