Há 88 chefias da Administração Pública à espera de Governo

  • ECO
  • 14 Janeiro 2022

De momento, estão a ser avaliados os candidatos a 31 cargos de dirigentes da Administração Pública, estando para breve a abertura de mais 57 concursos.

Neste momento, estão em fase de avaliação pelos júris os candidatos a 31 cargos de dirigentes da Administração Pública que serão escolhidos pelo próximo Governo, estando ainda para breve a abertura de mais 57 concursos, de acordo com a página oficial da Comissão de Recrutamento e Seleção para a Administração Pública (CReSAP), que conta, por sua vez, com um novo presidente, avança o Correio da Manhã (acesso pago).

Sob avaliação pelos respetivos júris estão já os candidatos aos cargos de inspetor-geral da Saúde, de secretário-geral do Ministério da Justiça e do presidente do Instituto de Gestão de Fundos de Capitalização da Segurança Social, bem como para a Direção-Geral e Subdireção das Artes e para a Direção-Geral do Património Cultural.

Os candidatos têm que preencher os requisitos exigidos e, quando selecionados para uma entrevista, têm ainda de preencher um questionário informático com vista a traçar o seu perfil psicológico. A CReSAP indicará três nomes e o Governo que sair das eleições legislativas antecipadas de 30 de janeiro escolherá o eleito.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Há 88 chefias da Administração Pública à espera de Governo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião