EDP aumenta preços da luz em 3% a partir de maio

EDP justifica aumento com "uma subida no preço de aquisição de eletricidade, que é atualmente cerca de três vezes superior ao que foi registado no último trimestre do ano passado".

A EDP Comercial anunciou esta quinta-feira que vai aumentar os preços da eletricidade em 3% a partir de maio para os seus atuais clientes residenciais. Uma atualização feita “em linha com o recente anúncio de ajuste da tarifa do mercado regulado”, explica a empresa.

“Esta atualização vigorará a partir de maio e representa uma variação média de 3%”, disse fonte oficial da elétrica num comunicado. É, assim, a segunda vez este ano que a EDP aumenta o preço da luz, depois da subida de 2,4% (em média) logo em janeiro.

Também a Galp já anunciou que vai aumentar (pela segunda vez em 2022) os preços da luz, mas também do gás, a partir de 15 de abril, e a ERSE comunicou entretanto que os clientes do mercado regulado terão uma subida das tarifas de 3% a partir de abril.

Em 2021, quando os preços da eletricidade começaram a disparar nos mercados grossistas, a EDP “decidiu manter os preços inalterados, apesar do valor da energia ter atingido recordes”, mas em janeiro de 2022 os aumentos não se fizeram esperar: as tarifas subiram em média 2,4% logo no início do ano, o que correspondeu a um acréscimo na fatura das famílias de cerca de 90 cêntimos por mês, refletindo a subida dos custos da energia, disse a empresa na altura.

Na altura, a presidente da EDP Comercial, Vera Pinto Pereira, garantia ainda a intenção de manter as tarifas “ao longo de todo o ano de 2022”, dando continuidade à estratégia de estabilidade de preços.

O que a gestora não antecipou foi uma guerra na Europa que atirou o preço do gás e do petróleo para preços estratosféricos, com impactos diretos no Mibel, que a 8 de março negociou o MWh a um valor nunca antes visto de 544,98€.

“O atual contexto internacional intensificou esta instabilidade e provocou uma subida no preço de aquisição de eletricidade, que é atualmente cerca de três vezes superior ao que foi registado no último trimestre do ano passado”, justificou fonte oficial da EDP no mesmo comunicado, garantindo que “nos últimos anos, a empresa tem procurado garantir estabilidade aos seus clientes, atualizando as tarifas apenas no início de cada ano, mesmo em períodos de flutuação dos preços nos mercados grossistas”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

EDP aumenta preços da luz em 3% a partir de maio

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião