Universidade Nova de Lisboa constrói residência com 550 camas na Caparica

Iniciativa é apresentada pela Universidade como “o maior projeto de alojamento para estudantes, professores e investigadores na região de Almada” e visa “atrair talento nacional e internacional”.

A Universidade Nova de Lisboa lançou um concurso para a constituição de direito de superfície de um lote situado no campus da Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT), na Caparica, com o objetivo de construir uma residência com capacidade até 550 camas.

Apresentado como “o maior alojamento para estudantes, professores e investigadores na região de Almada”, o projeto “pretende melhorar as condições oferecidas à comunidade [universitária], atrair mais talento nacional e internacional, além de colmatar a falta de oferta deste tipo de alojamento” naquele município a sul da capital.

Em comunicado, a instituição de ensino superior assinala que a atual oferta residencial dedicada a estudantes na proximidade da Nova está concentrada na Residência Fraústo da Silva, na Caparica, com apenas 220 quartos para um total de 8.500 alunos.

“Sabemos que o bem-estar e a qualidade de vida são fatores cruciais para o sucesso dos estudantes, professores e investigadores, pelo que o investimento em espaços onde possam viver com qualidade, interagir entre si, usufruir dos tempos livres e, claro, estudar e trabalhar, é algo que consideramos prioritário e nos leva a avançar com o lançamento deste concurso”, justifica o vice-reitor, José Ferreira Machado.

O concurso foi lançado na acinGov, plataforma eletrónica de compras públicas destinada a todas as entidades sujeitas ao Código dos Contratos Públicos, tendo os interessados 90 dias para apresentar propostas para a edificação desta residência, incluída no processo de transformação do campus da Caparica num parque urbano.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Universidade Nova de Lisboa constrói residência com 550 camas na Caparica

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião