Chega faz proposta de 7 milhões pela sede do CDS no Caldas

  • ECO
  • 24 Abril 2022

Depois de ter ocupado o gabinete do CDS-PP na Assembleia da República, André Ventura quer ficar também com a sede histórica do partido rival no centro de Lisboa.

O Chega vai avançar com uma proposta de compra ou de arrendamento do prédio de quatro andares onde funciona a sede histórica do CDS-PP, localizada no Largo do Caldas, no centro da capital portuguesa, que é propriedade do Patriarcado de Lisboa.

Avança a CNN Portugal que, já esta segunda-feira, o partido liderado por André Ventura vai pedir ao senhorio valores de referência e modalidades de pagamento, mostrando-se disponível para pagar até 7 milhões pelo imóvel ou, em alternativa, avançar com uma renda mensal de 5 mil euros.

Os democratas-cristãos perderam a representação parlamentar nas últimas eleições legislativas. A braços com dificuldades financeiras, por via da redução da subvenção pública, o partido agora liderado por Nuno Melo está em risco de ser desalojado do Caldas, depois de já ter visto os deputados de extrema-direita ocuparem o seu antigo gabinete na Assembleia da República.

Segundo o Expresso, o CDS ficou reduzido a uma subvenção de cerca de 22 mil euros por mês, receita escassa para pagar os salários a dezena e meia de funcionários e o aluguer de várias sedes. A venda de património está a ser equacionada, embora a nova direção resista a sair da sedehistórica no Caldas, pela qual paga perto de 1.200 euros por mês à Câmara de Lisboa. A saída teria de resultar de uma negociação a três: entre o partido, o Patriarcado e a autarquia comandada por Carlos Moeda.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Chega faz proposta de 7 milhões pela sede do CDS no Caldas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião