Wall Street recupera com índices a subir mais de 1%

O setor tecnológico tem sido dos mais penalizados nas últimas sessões, mas recupera esta terça-feira. O índice Nasdaq arranca a sessão a subir 2%.

As bolsas norte-americanas recuperam esta terça-feira, depois de várias sessões em que os índices afundaram com os receios de que se esteja a formar uma recessão no horizonte. Os investidores aproveitam para comprar ações mais baratas, dando valorizações superiores a 1% aos índices em Wall Street.

O tecnológico Nasdaq, que tinha sido o mais penalizado, arrancou a sessão a subir 2,04%, para 11.900,58 pontos, enquanto o S&P 500 ganha 1,54%, para 4.069,84 pontos. Já o industrial Dow Jones avança 1,38%, para 32.669,45 pontos.

A animar o sentimento em Wall Street estão também dados animadores das vendas no retalho e uma série de previsões fortes, sendo que o otimismo é ainda impulsionado pelas esperanças de um alívio da aplicação de medidas duras às empresas de tecnologia e de contenção da Covid-19 na China.

As cotadas do setor tecnológico destacam-se na recuperação neste arranque de sessão, depois de fortes perdas na segunda-feira. A Apple ganha 2,30%, para 148,89 dólares; a Microsoft sobe 1,89%, para 266,43 dólares; e a Amazon valoriza 2,80%, para 2.278,21 dólares.

Nos ganhos destacam-se também as ações da banca, nomeadamente depois de ser conhecido que a Berkshire Hathaway, de Warren Buffett, adicionou uma participação de quase 3 mil milhões de dólares no Citigroup no primeiro trimestre. O Citi dispara 5,79%, para 50,21 dólares.

Outras cotadas do setor valorizam também, como é o caso do JP Morgan, que ganha 3,23% para os 122,08 dólares, e do Bank of America, que sobe 3,16% para os 35,91 dólares.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Wall Street recupera com índices a subir mais de 1%

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião