Mais de 140 seguradoras continuam a operar na Ucrânia

  • ECO Seguros
  • 18 Maio 2022

Apesar da destruição causada pela invasão militar russa, o mercado de seguros mantém atividade na Ucrânia, com 148 empresas em operação em abril.

Na sequência do ataque militar da Rússia à Ucrânia, as entidades locais que operam em seguros e o Banco Nacional da Ucrânia (NBU na sigla anglo saxónica), que funciona como regulador do mercado, lançaram um apelo conjunto à indústria internacional de seguros para agir contra as seguradoras russas. “Opomo-nos veementemente às práticas que permitem às seguradoras sediadas no país agressor ressegurar os seus riscos através de resseguradoras internacionais e corretores de seguros e resseguros,” afirmou então o vice-Governador do NBU, Sergiy Nikolaychuk num comunicado da autoridade monetária.

No último trimestre de 2021, o mercado ucraniano de seguros reunia 132 companhias com atividade em ramos de não Vida, 13 seguradoras de Vida e 64 corretoras. Deste universo de empresas, mais de 140 seguradoras continuavam ativas em abril deste ano, mostrando que a estrutura pouco se alterou com a guerra.

Dados do NBU, com referência a abril deste ano, referem a receção de 23 pedidos de registo e licenciamento por parte de participantes do mercado financeiro não bancário, sendo que deste total, 8 foram pedidos submetidos por seguradoras, noticiou no início de maio o site Forinsurer.

Relembre-se que GFIA, federação mundial que agrega associações de todo o mundo como a organização Insurance Europe, entidade que agrega associações europeias da indústria de seguros (incluindo a APS), tomaram posição decisiva sobre a expulsão da ARIA, associação de seguradores de Toda a Rússia das suas organizações.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Mais de 140 seguradoras continuam a operar na Ucrânia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião